Apple prepara-se para corrigir uma falha grave no iOS que afeta iPhone e iPad

Carlos Oliveira
Comentar

Uma empresa de segurança tecnológica descobriu recentemente uma falha na aplicação Mail do iOS que classificou como "grave". De acordo com as suas conclusões, esta falha já se encontra ativa desde janeiro de 2018 e terá afetado milhões de iPhones e iPads.

Perante esta descoberta, um porta-voz da Apple já veio reconhecer a existência desta falha. Mais que isso, este representante afirmou que a empresa onde trabalha já se encontra a desenvolver uma correção.

Um simples email em branco pode roubar os teus dados pessoais

A descoberta feita pela empresa ZecOps surgiu depois de esta ter investigado um ataque informático a um dos seus mais reputados clientes. A empresa de segurança não mencionou quem é esse cliente, mas revela que se encontra no top-500 da Fortune.

iPhone

Depois de analisado o sucedido, a empresa de San Francisco revela que esta vulnerabilidade pode ser explorada através do envio de um email. Este pode vir em branco para surtir efeito e, para piorar, o utilizador nem precisa de o abrir.

Uma vez chegado a um iPhone ou iPad, este hacking pode ganhar acesso a todas as informações que a aplicação Mail do iOS tiver acesso. Ademais, o meliante poderá ganhar acesso remoto total ao teu equipamento e roubar dados como fotografias, contactos e outras informações sensíveis.

Além da gravidade que esta vulnerabilidade é, por si só, ainda preocupa mais o facto de se encontrar ativa há já mais de dois anos. Ou seja, durante este período, todos os utilizadores de iPhone ou iPad estiveram vulneráveis sem terem noção disso.

Correção já foi libertada com a versão beta do iOS 13.4.5

Ao que tudo indica, quem já correr esta versão do iOS no seu equipamento pode estar descansado. A Apple terá já resolvido a questão nesta versão do seu sistema operativo.

Mas sendo uma versão beta significa que nem todos terão acesso a ela. Para os que não estão inscritos no programa beta do iOS. só lhes resta esperar que a versão 13.4.5 final chegue a todos.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.