Always-on-Siri-powered-by-Shazam

A Apple está a preparar uma grande atualização para competir diretamente com a assistente virtual da Google, a Google Now. A empresa irá, alegadamente, usar a tecnologia que adquiriu no ano passado à VocalIQ.

De acordo com a fonte desta informação, um “produto da VocalIQ será mais robusto e capaz do que os seus competidores diretos, Google Now, Alexa ou Cortana”. A Business Insider refere ainda que “foi muito importante a Apple ter adquirido a VocalIQ antes que a companhia pudesse ter acabado e lançado a sua aplicação”.

   

Em resposta a este rumor, a Apple afirma que ainda mantém todo o staff da VocalIQ e que continuam a trabalhar num escritório em Cambridge, Inglaterra. Alegadamente, esta equipa terá trabalhado arduamente para integrar a tecnologia deles na assistente virtual Siri.

Vê também: iPhone 7 será mais espesso que o iPhone 6S, mas o que virá extra?

Produtos relacionados

A fonte deste artigo afirma que este upgrade à Siri a tornará muito mais inteligente do que a Google Now e que será capaz de lidar com pedidos e informações mais complexas de uma forma eficiente. A assistente estará capacitada a responder a pedidos do género “Encontra um restaurante chinês próximo, com estacionamento privativo e Wifi gratuito”.

Quanto ao lançamento desta tecnologia poderá, eventualmente, ser lançado oficialmente na WWDC (Apple Worldwide Developers Conference) que decorrerá no próximo mês de Junho. Contudo, ainda não é sabido, pelo menos de forma segura, quando a Apple está a planear disponibilizar para o público este upgrade mas, de acordo com um outro leak, poderá ser disponibilizado de forma faseada e portanto, não estar disponível ao mesmo tempo para todos os utilizadores da maçã trincada.

Talvez queiras ver:

Viatechnobuffalo
Fontebusinessinsider
Estudante de Direito e amante de tecnologia. Tudo o que é inovador na vida atrai-me (menos comida muito "fora do normal"). No meio tecnológico, aprecio particularmente smartphones, computadores e automóveis. Integrar a equipa da 4gnews começou por ser um desafio pessoal e agora é um orgulho coletivo.