Apple pode chocar o mundo com as opções do iPhone 12

Rui Bacelar
3 comentários

À medida que nos aproximamos de meados de setembro a apresentação dos iPhone 12 deixa-se vislumbrar entre vários rumores e fugas de informação gradualmente mais convincentes. Mas, poderá a Apple chocar o mundo com este design?

Segundo o relato da Forbes, a Apple está a ultimar os preparativos para a sua maior apresentação do ano. Aí dará a conhecer a sua nova gama de smartphones, com algumas surpresas no design e escolhas que poderão desiludir alguns fãs da marca.

Só iPhone 12 Pro Max teremos o "verdadeiro" 5G

Geração Apple iPhone 12

Em causa está um relato que dá conta de algumas escolhas potencialmente controversas por parte da gigante de Cupertino. Mais concretamente, o iPhone 12 Pro chegará com baixas capacidades no acesso ao padrão de redes 5G.

O relato aponta a presença de uma solução de redes 5G associada a smartphones de gama média, algo que condicionará as velocidades e qualidade de acesso a este padrão de rede. O acesso pleno estará reservado para o iPhone 12 Pro Max.

Este último, o mais premium dos próximos telemóveis Apple, terá sim, o acesso pleno à máxima velocidade proporcionada pelas redes 5G, mas apenas num punhado de países. A decisão, somando-se aos preços geralmente altos, causará desagrado.

As redes 5G do tipo Sub-6 GHz e mmWave

Apesar de ambos os padrões já se qualificarem como "5G", a diferença de velocidades entre ambos os padrões é notória. O serviço Sub-6 utiliza uma frequência inferior, abaixo dos 6 GHz que lhe dão o nome, sendo mais similar a uma boa ligação 4G.

As velocidades normalmente associadas ao 5G Sub-6 são de 51 Mbps em download, face aos 29 Mbps da ligação 4G de acordo com o estudo da OpenSignal. Já o 5G mmWave é capaz de entregar velocidades de download de 1Gbps, normalmente até mais.

O mmWave tem como desvantagem a dificuldade em viajar através de objetos como edifícios. Além disso, a sua implementação é mais cara, obrigando a um maior investimento por parte das redes móveis.

Os iPhone 12 vão chegar mais tarde em 2020

Apple iPhone 12

Habitualmente anunciados no início de setembro, nas keynotes da Apple, os novos iPhone chegavam no final do mês ao mercado, excecionalmente no início o do mês seguinte. No entanto, este ano tudo indica que teremos de esperar até outubro.

A hipótese, já reiterada por diversos meios de comunicação incluindo a agência Reuters, dá conta dos relatórios fiscais da Broadcom que já refletirão este atraso. Note-se que a Broadcom é uma das principais fornecedoras de componentes à Apple.

Segundo esta, a empresa admite uma quebra no desempenho financeiro, causa direta de um atraso do início da produção em massa de componentes para smartphones. Sendo a Apple a sua maior cliente, a ilação daqui retirada dificilmente estará errada.

A empresa deu a entender que os iPhone 12 chegariam mais tarde quando em junho último afirmou o seguinte: "a nossa maior cliente norte-americana de dispositivos móveis". A identidade da "cliente" é um dado adquirido.

Os ecrãs podem chegar aos 120 Hz, mas as baterias?

Velocidades das redes 5G

A Forbes avança uma possível justificação para a escolha do padrão mais baixo para o 5G, a redução do consumo energético. Ao mesmo tempo, algumas fontes apontam ecrãs OLED com taxa de atualização até 120 Hz, algo que exige mais energia.

Posto isto, entre os benefícios imediatamente tangíveis de um ecrã com alta taxa de atualização e a promessa das redes 5G que, em vários países ainda não passa de uma miragem, terá ajudado a Apple a optar pela primeira.

A Apple está a deixar o mundo à espera

Apple press release is currently scheduled for Tuesday (September 8) at 9:00am EST — though, I should note that it’s not locked in until the press has been briefed, day of. I’ll tweet early that morning to update you if it changes.

— Jon Prosser (@jon_prosser) 6 de setembro de 2020

O prolífero leaker Jon Proser, através do seu perfil de Twitter, tem alimentado vários rumores e partilhado diversas fugas de informação alusivas aos iPhone 12. Segundo ele, a gigante de Cupertino estará prestes a anunciar a data da sua keynote.

Entretanto, apontam-se algumas mudanças significativas para o design dos novos telemóveis, desde a diminuição das margens, o melhor aproveitamento da área frontal para acomodar um ecrã maior e arestas vincadas como em gerações anteriores.

Há ainda a forte sugestão de novos esquemas de cor para os iPhone 12, com o índigo ou azul-escuro a ser um dos prováveis e o gradiante de cor, um dos mais esdrúxulos.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.