Apple: MacBook Pro com M1 Max mostra todo o seu poder em teste

Bruno Coelho
Comentar

Esta semana foram formalmente apresentados os novos MacBook Pro de 14” e 16” polegadas. Estes computadores portáteis são a grande mudança nesta gama da Apple em muitos anos, tanto ao nível de design, como pelo que significam ao nível de desempenho e gestão de energia.

Dias antes de começar a chegar aos primeiros utilizadores, o MacBook Pro de 16” polegadas já foi certificado na plataforma Geekbench para testes. E os resultados impressionam.

Como podes ver na imagem abaixo, o MacBook Pro com M1 Max conseguiu 1749 pontos em single-core. Mas o que torna a sua passagem pelo Geekbench impressionante é o resultado de 11542 pontos em multi-core.

MacBook Pro com M1 Max no Geekbench
MacBook Pro com M1 Max no Geekbench

M1 Max consegue dobro do desempenho do M1 em multi-core

O modelo em questão a passar pelos testes conta com CPU de 10 núcleos e GPU de 32 núcleos. Em termos comparativos, em multi-core mostra ter o dobro do desempenho do MacBook Pro com M1.

Tendo em conta estes números, o M1 Max ultrapassa todos os processadores para Mac, menos os modelos com Intel Xeon mais poderosos. Nos próximos dias espera-se mais testes a estes processadores.

MacBook Pro com M1 Max no Geekbench

Mais importante que isso, os MacBook Pro com M1 Max vão começar a chegar aos utilizadores. Aí teremos uma melhor noção do desempenho no uso real destes computadores portáteis, e da sua gestão de energia tão falada pela Apple.

Caso queiras saber tudo sobre os novos MacBook Pro, consulta o nosso artigo de lançamento dedicado. Para conheceres todos os detalhes sobre os processadores M1 Pro e M1 Max, também temos o artigo ideal para ti. Se pretendes saber quando chega o macOS Monterrey ao modelo, consulta este artigo com as listas.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.