Apple MacBook Pro 2021: primeiros compradores já receberam o novo computador portátill

Bruno Coelho
Comentar

Na última segunda-feira a Apple apresentou os tão aguardados MacBook de 14” e 16” polegadas. Estes foram imediatamente colocados à venda, e esta terça-feira começaram a ser recebidos pelos primeiros compradores.

A Apple marcou a chegada às lojas dos MacBook Pro para esta quarta-feira, 27 de outubro. Mas quem adquiriu os computadores portáteis nos primeiros minutos da pré-venda já começou a recebê-los e a partilhar a experiência no Twitter.

M1 Max MacBook Pro 16”ストレージ以外マシマシマシーンきたー!🔥今日レビュー機が届いたので、今から色々と試していきます🕺🏻まだ何もしてないけど、クラムシェルにした瞬間の切り替えとかすら爆速すぎてヤバい!!! pic.twitter.com/gCdAWUKiKl

— 大石結花 // Yuka Ohishi 🧈⁷ (@yukaohishi) 26 de outubro de 2021

Esta é a primeira grande renovação de design em muitos anos nos computadores portáteis da Apple. A fabricante preferiu a funcionalidade ao invés da forma, fazendo regressar portas adoradas como a HDMI, para cartões de memória e o carregamento MagSafe 3.

O ecrã tem agora margens reduzidas, mas no topo há espaço para uma controversa notch que alberga a webcam e alguns sensores. O ecrã tem pela primeira vez a tecnologia mini-LED, dispõe de 120Hz de taxa de atualização (com ProMotion), e a Touch Bar foi abandonada, para gáudio de quem aprecia as teclas de função físicas.

新しいMacBook Proきたー!! なんか全体的にしかきぃ! #MacBookPro #apple pic.twitter.com/TYbloGV4nb

— ギズモード・ジャパン (@gizmodojapan) 26 de outubro de 2021

Ao longo deste artigo partilhamos algumas imagens de utilizadores que já receberam os novos MacBook Pro. Se estás a pensar comprar um dos novos modelos, é bem provável que tenhas de esperar muito tempo.

Entregas dos novos MacBook Pro já se estendem para dezembro

Devido à escassez de componentes, os tempo de espera para quem compra os novos MacBook Pro pode superar um mês. Ao consultar o site da Apple, a previsão de entrega já se encontra entre 2 e 13 de dezembro.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.