Apple lança serviço que permite aos utilizadores reparar o seu próprio iPhone

Carlos Oliveira
Comentar

A Apple anunciou hoje um novo serviço que marca o ponto de viragem da sua estratégia na reparação dos seus produtos. Com o lançamento do Self Service Repair, a empresa americana facultará peças e manuais oficiais para a reparação do teu iPhone.

O serviço será disponibilizado primeiramente nos Estados Unidos da América no início de 2022, com promessa de expansão para outros países ao longo do ano. Através deste programa, deixará de ser necessário recorrer a um reparador autorizado para substituir algumas peças do iPhone.

iPhone bateria

Serviço de reparação própria arranca com os iPhone 12 e iPhone 13

O novo serviço de reparações próprias anunciado pela Apple será indicado aos utilizadores com destreza suficiente para reparar os seus próprios equipamentos. Através do Apple Self Service Repair, os consumidores terão acesso a componentes e manuais oficiais para a reparação dos seus dispositivos.

A iniciativa arrancará com a disponibilização de componentes para as linhas iPhone 12 e iPhone 13. No futuro, a empresa americana promete alargar este programa também para os computadores Mac com processadores M1.

Será lançada uma loja online dedicada a esta iniciativa que contará com mais de 200 peças e ferramentas para a reparação dos iPhone. Inicialmente serão disponibilizados apenas ecrãs, baterias e câmaras para os iPhone 12 e iPhone 13.

Apple

A Apple alerta que reparações próprias nos seus equipamentos devem ser feitas por pessoas com experiência. Primeiramente, o utilizador deve consultar o manual oficial de reparação do seu iPhone e só caso se sinta confortável na realização dos passos necessários é que deve encomendar as peças que deseja.

Para diminuir o desperdício eletrónico, a Apple lança um incentivo à reciclagem dos componentes danificados. Aos utilizadores que devolverem essas peças, a tecnológica oferecerá um crédito que poderá ser usado posteriormente na aquisição de outras peças.

Àqueles que não têm experiência suficiente para a realização desta tarefa, a Apple aconselha o recurso aos reparadores certificados pela marca. Aí encontrarão profissionais altamente qualificados para devolver a vida ao iPhone.

O anúncio deste serviço é o mais recente passo da Apple no sentido de facilitar a reparação dos seus produtos. Pressionada por entidades reguladoras do mercado, a empresa americana começa a aliviar algumas restrições inerentes aos seus produtos.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.