Apple lança app 'secreta' para tentar melhorar a assistente virtual Siri

Rui Bacelar
Comentar

A Apple adicionou, discretamente, uma nova aplicação da Siri em agosto na loja oficial de conteúdos para o sistema iOS. Com efeito, à App Store chegou uma nova aplicação com o intuito de melhorar o discurso da assistente virtual Siri e colher feedback da mesma.

Os utilizadores que pretendam instalar a app Siri Speech Study terão que aguardar por um convite da Apple. Só assim é que poderão ajudar a empresa norte-americana a melhorar o desempenho, funções e utilidade prática da sua assistente virtual.

Siri Speech Study é a app secreta da Apple para iOS

Apple iPhone iOS

A Siri é a assistente virtual da Apple, presente nos smartphones iPhone e nos tablets iPad há vários anos. No entanto, a assistente Siri continua a não conseguir reconhecer alguns comandos de voz básicos, entre outras tarefas aparentemente simples.

Perante este cenário a Apple estará agora a tomar uma atitude pro-ativa, querendo mesmo melhorar a sua Siri. Esta é o relato avançado primeiramente pela publicação TechCrunch que dá conta do desenvolvimento da app Siri Speech Study.

A aplicação Siri Speech Study foi introduzida para colher mais dados e feedback dos utilizadores com o intuito de reforçar as suas capacidades. Atualmente, contudo, só um número restrito de utilizadores é que podem ajudar a Apple nesta tarefa.

A Apple quer melhorar as capacidades da sua assistente Siri

Siri Speech Study
Captura de ecrã da app Siri Speech Study. Crédito: TechCrunch

A aplicação foi detetada primeiramente pela agência Sensor Tower, tendo chegado à App Store a 9 de agosto. Para os utilizadores interessados, é possível aceder à sua listagem em vários países, mas dificilmente aparecerá num dos resultados da pesquisa.

Ao ser contactada pela publicação TechCrunch, a Apple afirmou que só os utilizadores convidados é que a poderão usar. Portanto, caso recebam um convite da Apple - essencialmente uma ligação (link) para a App Store - poderão assim ajudar a melhorar a Siri.

Só mediante convite é que podem ajudar a Apple

O utilizador poderá assim entrar na aplicação após concordar com os termos de utilização, preencher o seu ID Apple e seguir as instruções apresentadas no ecrã. Em seguida, poderá começar a dar feedback diretamente à gigante de Cupertino.

A tecnológica terá acesso ao histórico de pedidos feitos à Siri bem como à avaliação (feedback) inserido pelo utilizador. Caso a Siri erre em algum comando ou resposta, a Apple saberá assim o que tem a fazer para melhorar a utilidade desta assistente.

Em síntese, esperamos que esta aplicação venha ajudar a empresa a reforçar a sua assistente virtual. A Siri está consideravelmente atrás da Alexa da Amazon, bem como da Assistente Google na utilidade proporcionada ao utilizador.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.