Apple irá abandonar o iTunes e substituí-lo por três novas apps

Carlos Oliveira
Comentar

De acordo com o mais recente relatório divulgado pela Bloomberg, o iTunes irá desaparecer definitivamente do portefólio da Apple. Para colmatar este desaparecimento, teremos o nascer de três novas aplicações: Música, TV e Podcasts.

Estas três novas aplicações chegarão em breve ao macOS e virão cobrir as várias valências do iTunes. Assim, deixaremos de ter uma só aplicações com uma interface confusa, para termos algo mais simples e intuitivo para os utilizadores.

Gestão dos equipamentos passará a ser feita na aplicação Música

A componente de gestão dos gadgets Apple passará agora a ser da competência da aplicação Música. Esta era é uma componente muito importante do iTunes e que ainda suscitava algumas dúvidas em torno da subsistência desta no universo Apple.

A Bloomberg vem agora esclarecer que o iTunes irá desaparecer definitivamente do portefólio da Apple. Assim sendo, tudo aquilo que era possível fazer com esta aplicação estará agora distribuído por estas três novas aplicações.

Estamos a chegar ao fim de um reinado de quase duas décadas do iTunes

O iTunes tem sido a aplicação de eleição da Apple para gerir multimédia por quase duas décadas. Esta aplicação tem sido uma peça importante para os utilizadores de equipamentos Apple, mas é agora tempo de seguir em frente.

iTunes
Tudo aponta para o fim da linha desta aplicação

Importa notar que o fim do iTunes é ainda um rumor, sendo plausível que a confirmação chegue já na próxima segunda feira. Será nesse dia que a Apple iniciará a sua conferência WWDC dedicada aos programadores, que é normalmente pautada por novidades sobre o seu software.

Muitas novidades de software são esperadas para a WWDC 2019

São esperadas muitas novidades para o evento da próxima semana, desde o iOS 13 até às várias aplicações e serviços Apple. Fala-se que o Apple Watch venha a receber a sua própria App Store, o iPad possa ter uma mudança no seu design e a atualização de muitas outras apps da empresa norte-americana.

Já o anúncio de hardware parece muito pouco provável, ficando esse momento guardado para o próximo evento a realizar em setembro próximo.

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.