Apple: Phil Schiller justifica a mediocridade do iPhone XR

Rui Bacelar
Apple iPhone XR
Este é o mais acessível dos novos dispositivos móveis iOS.

É o mais acessível dos novos smartphones iOS e conta com o mesmo processador dos modelos mais caros. Todavia, o Apple iPhone XR apresenta alguns compromissos que, em pleno 2018, são apenas justificáveis aos olhos de Phil Schiller.

O vice-presidente de marketing da Apple concedeu recendente uma entrevista à publicação Engadget, na qual justificou a existência deste produto. Aliás, defendeu as escolhas da empresa na concepção deste que é o mais recente produto da marca a chegar ao mercado.

Vê ainda: Huawei Honor Magic 2 dá nas vistas em novo vídeo ‘hands-on’

Em primeiro lugar, o novo Apple iPhone XR foi apresentado juntamente com a mais recente geração de smartphones de Cupertino. Todavia, só agora é que começa a ser uma visão comum na loja oficial da marca. Nesse sentido, o prazo de entrega do produto refere um prazo de até duas semanas.

Com os preços a começarem nos 879€ e a escalarem até aos 1049€, o mais acessível dos novos smartphones iOS está muito longe de ser barato. Cenário distinto do mercado norte-americano onde aí o seu p.v.p. é de 749 dólares e o adjectivo acessível é bem empregue.

O que representa o "R" no nome iPhone XR:

Para Schiller, o "R" é uma alusão a uma das suas paixões, os carros desportivos. Sinónimo de velocidade e irreverência. "Adoro carros e coisas velozes. Por conseguinte, tanto o R como o S são letras utilizadas em carros desportivos que são extremamente especiais". Em suma, temos aqui uma clara alusão à irreverência, ao desporto e à velocidade / performance neste smartphone equipado com o SoC Apple A12 Bionic.

Apple iPhone XR iOS Android
O seu preço rivaliza o do seu maior rival Android, o Galaxy S9.

Aqui temos que dar ao Apple iPhone XR o seu devido crédito e mérito. Trata-se de uma versão algo simplificada (e bem colorida) dos atuais topos de gama da marca. Todavia, não temos qualquer compromisso na capacidade de processamento. Aliás, temos o mesmo processador em todos os novos iPhones e isso é ótimo!

Como é que o iPhone X levou à criação do iPhone XS, XS Max e iPhone XR?

O executivo da Apple afirma que a empresa já tinha esta tecnologia há alguns anos e que a estava a desenvolver para aplicar no seu iPhone. Tudo isto para que o iPhone X se tornasse no futuro dos smartphones iOS.

Afirma ainda que foi um enorme esforço conjunto, coordenar tanto os engenheiros bem como a equipa de marketing. Tudo isto para que no ano passado pudessem dar a conhecer o novo produto e assegurar-se do seu sucesso.

Agora, com os novos smartphones iOS e sobretudo com o Apple iPhone XR a marca quer fazer chegar este novo standard a todo um novo conjunto de pessoas. O alargamento da sua linha de produtos visa exatamente isso, chegar a mais escalões de mercado.

Assegurando a posição do Apple iPhone XR:

Não há dúvidas de que o iPhone XS e XS Max são os produtos de topo, os smartphones de luxo desta fabricante. Todavia, impera a questão - como é que se pode fazer um produto mais barato e, ainda assim, digno do título "excelente".

Phil Schiller afirma-se ciente do enorme desafio que foi esta tarefa. Fazer um produto para as massas mas que, ainda assim, orgulhasse a marca do seu padrão de excelência e qualidade. A questão é difícil mas o executivo mostra-se seguro do seu produto.

Apple iPhone XR
Este é o modelo mais económico, o "R". No palco temos Phil Schiller

Alargando a sua explicação, Shiller refuta a concepção de um produto orientado por categorias. Para ele a marca desenvolve um produto como plataforma de fruição de uma tecnologia, como um todo.

Afirma ainda que pretendem que os consumidores se sintam satisfeitos e felizes com o seu Apple iPhone XR. Algo que assenta sobretudo nas tecnologia presentes no dispositivo em si e não meramente em características.

Em suma, a marca quer que a "experiência de utilização" e fruição de um iPhone X chegue a todo um novo conjunto de pessoas. Querem dar aos consumidores a oportunidade de experimentarem esta nova tecnologia, agora com um preço mais acessível.

Para Shiller é isto que torna o Apple iPhone XR um produto excelente. A possibilidade de ter algo similar - e em alguns quesitos até superior ao iPhone X - a mais e mais pessoas. Mas...estará Shiller a referir-se também ao ecrã do iPhone XR?

E o ecrã medíocre do Apple iPhone XR?

Em primeiro lugar temos aqui um ecrã táctil, IPS LCD capaz de reproduzir até 16 milhões de cores. Em segundo lugar trata-se de uma "tela" com 6.1 polegadas de diagonal, preenchendo cerca de 79% da área do painel frontal.

Apple iPhone Xs Max iOS
As principais características técnicas do dispositivo móvel.

Em terceiro lugar temos aqui uma resolução HD+. Por conseguinte temos um total de 828 x 1792 pixéis. Nesse sentido obtemos uma densidade de 326 pixéis por polegada (ppp) para além do formato ou padrão 19.5:9. Isto para nos proporcionar um ecrã alto, estreito e com a típica "notch". A marca apelida-o de "Liquid Retina display".

Agora que demos a conhecer as suas características. Olhemos então para a justificação prestada pelo executivo da marca. Para Shiller, a única maneira de avaliar um ecrã é olhar para ele.

Continuando, Shiller afirma que se não conseguimos ver ou detectar os pixéis isolados, a partir de um certo ponto os números não significam nada. São meramente um critério arbitrário, não decisivo.

Numa nota estritamente pessoal, acataria de bom grado a sua justificação caso o preço do Apple iPhone XR tivesse conversão direta para euros. Todavia, o preço deste smartphone em Portugal coloca-o lado a lado com o Samsung Galaxy S9.

Ora, escusado será dizer que pelo mesmo preço teríamos não só um topo de gama igualmente poderoso. Aqui bem como um dos melhores ecrãs do mercado. Claro, com os sistema operativos a estarem fora da discussão.

Editores 4gnews recomendam:

Top 5 Headphones sem fios com preço a ter em conta

Xiaomi Mi Mix 3 terá câmara dupla de 24MP para as tuas selfies

Xiaomi Mi Mix 3: Será que a marca nos tentou enganar?

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.