Apple iPhone XR - Tudo aquilo que a Apple poderia desejar

Pedro Henrique

Apple iPhone XRA Apple decidiu que o iPhone XR só deveria chegar ao mercado mais tarde. E assim o fez. E o que ganhou com isso? Bem, uma cobertura do seu próprio inventário que se iniciou em setembro passado e que se manterá até meados de novembro.

Porém, ao contrário do que muitos poderiam esperar, o Apple iPhone XR não é consensual quanto àquilo que são as opiniões dos mais entusiastas. Muito pelo contrário. E isso é ainda mais benéfico para a empresa.

Vê ainda: Google e Samsung trabalham em ‘edição especial’ do Android

Ora, em grande medida, só se pode apontar um defeito ao iPhone XR, que tem que ver com o seu ecrã. E há dois grandes motivos por detrás disso. Um deles, como não poderia deixar de ser, vai de encontro à sua resolução.

O outro, ao facto de ser um ecrã LCD e não OLED como o dos modelos mais caros. Porém, verdade seja dita, este último ponto nem se pode colocar em cima da mesa, passe a expressão. Afinal, a qualidade dos ecrãs LCD dos iPhone sempre perdeu apenas para os de uma outra marca.

O vídeo sobre o Apple iPhone XR estará no YouTube da 4gnews!

E claro, tendo em consideração que é um modelo mais barato, percebe-se que tenha sido feito um sacrifício nesse sentido. Todavia, o facto de suportar apenas pouco mais que uma qualidade HD é, para muitos, um ponto demasiado negativo.

Mas será negativo para a Apple? Teoricamente não. Em primeiro lugar, pode dizer-se que o iPhone XR só não é perfeito por causa desse detalhe, o que permite ao consumidor optar por gastar os seus recursos num iPhone XS, o que é bom para Tim Cook e a sua equipa. Partindo, é claro, do pressuposto de que o ecrã é assim tão relevante.

Em segundo lugar, não se pode dizer que seja um ponto negativo dado que não a comparação de um Apple iPhone com um Android é muito relativa. E claro, o consumidor de um iPhone XR sabe que é o ecrã o sacrifício necessário para poder poupar um valor considerável na sua compra.

Logo, porquê tanto drama? É só mais um iPhone, talvez o que vá vender mais durante todo o ano de 2019 e que quando aliado ao pacote de telecomunicações certo, pode transformar-se numa compra incomparável.

Porque só há algo certo, só há três Apple iPhone (de nova geração) à venda e só um deles custa menos de 1000€ na sua versão mais básica. Mas lá está, é só uma opinião.

Editores 4gnews recomendam:

Twitter – Número de utilizadores reduziu-se no último trimestre

Como ligar o telemóvel à TV para ver conteúdos no “grande ecrã”

Isto é o que diferencia a Apple da Samsung e Huawei

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.