Apple iPhone 13: as confirmações de que estavas à espera em 2021

Rui Bacelar
Comentar

Em 2021 os telefones Apple serão apelidados de iPhone 13. A suposta confirmação emanou das cadeias de produção num relatório recém-publicado por uma das partes envolvidas na montagem dos smartphones iOS. Este será o ano dos Apple iPhone 13.

Certo é que a escolha desta nomenclatura não surpreenderá os mais atentos às palpitações do mercado mobile, mas existiam outras possibilidades. Tradicionalmente, a Apple usa a nomenclatura "S" para designar as gerações incrementais após o avanço de uma geração a cada dois anos.

2021 será o ano dos smartphone Apple iPhone 13

Apple iPhone 13
Aspeto sugerido para os Apple iPhone 13 de 2021.

Tendo em conta as caraterísticas técnicas e novidades que têm sido apontadas aos smartphones de 2021, foram várias as vozes a optar pela nomenclatura iPhone 12S em detrimento de iPhone 13. Tal escolha era justificada na escassez de diferenças entre gerações, com as novidades a serem meramente incrementais na maioria das situações apontadas.

Ao mesmo tempo, o próprio algarismos "13" tem uma conotação negativa na cultura ocidental. Número tão frequentemente associado ao azar, má sorte e tantos infortúnios, não seria, portanto, estranho que a Apple optasse por não o usar.

Surgiu ainda, em terceiro lugar, a tese que sugeria o abandono da nomenclatura numérica. Isto é, que a Apple deixaria de usar números para identificar as gerações dos seus smartphones, optando por um esquema similar aos iPads e Macs.

Não é iPhone 12S nem iPhone (2021) é mesmo iPhone 13

Apple iPhone 13
Aspeto sugerido para os Apple iPhone 13 de 2021.

"O novo iPhone da Apple para este ano já entrou na contagem decrescente para a produção em massa nos volume exigidos, com a cadeia de produção a avançar que o nome escolhido para o telefone deste ano será iPhone 13". Assim aponta a 9to5Mac.

Segundo esta fonte, a principal responsável pela produção dos smartphones Apple continuará a ser a Foxconn. No entanto, a produção do iPhone 13 mini estará entregue à Pegatron, duas das maiores fabricantes sediadas na China.

A nova geração será apresentada pela Apple no seu tradicional evento de setembro, marcado a retoma da normalidade após o atraso sentido em 2020. Desse modo, também o seu lançamento no mercado deve ocorrer entre setembro a outubro de 2021.

Esta mesma tese é igualmente defendida pelo novo relato, sugerindo que a Apple manterá assim o seu calendário de apresentações e lançamentos.

As novidades estarão presentes nos ecrãs utilizados (ProMotion) com alta taxa de atualização adaptável - utilizando ecrãs LTPO OLED - mas só nos modelos Pro. Teremos também o novo processador Apple A15 Bionic a 5 nm e melhores câmaras fotográficas.

A isto somar-se-á uma maior atenção dada à autonomia de bateria e cuja capacidade (em mAh) deverá aumentar em todos os quatro modelos de iPhone 13.

Por fim, contamos também com uma ligeira redução da notch, ocupando esta menos espaço, mas mantendo as suas funções com o sistema Face ID presente. De igual modo, contamos com uma manutenção dos preços praticados atualmente pela Apple.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.