Apple: headset RA/RV pode estar a poucos meses de distância

Mónica Marques
Comentar

Hoje está a ser noticiado que foi apresentado ao conselho de administração da Apple o novo headset RA/RV da empresa.

Tal acontecimento sugere que o equipamento está já numa fase avançada de desenvolvimento e pode estar a poucos meses de distância de ser lançado.

Headset RA/RV já foi apresentado à administração da Apple

Apple headset RA/RV
Headset RA/RV da Apple pode chegar ao mercado com um preço entre os 2.000 e os 3.000 dólares

Desde há algum tempo que a Apple está a trabalhar no seu novo headset de RA/RV que, afirmam alguns analistas, pode vir a substituir o iPhone daqui a dez anos. Mas parece que o equipamento atingiu já uma fase avançada no seu processo de desenvolvimento.

Informações recentes dão conta de que o equipamento inovador foi apresentado ao conselho de administração da Apple, na semana passada, pela primeira vez. Este é um sinal de que o dispositivo pode estar a poucos meses dos seu lançamento.

A informação está a ser avançada por Mark Gurman, jornalista da Bloomberg que adianta também que o sistema operativo que acompanha o novo dispositivo, designado por realityOS ou rOS, está igualmente em fase acelerada de desenvolvimento.

De acordo com rumores avançados anteriormente, a Apple pretendia apresentar o dispositivo na edição deste ano da WWDC, mas dificuldades relacionadas com o hardware – nomeadamente problemas de sobreaquecimento – terão alterado e atrasado os planos da empresa.

Várias fontes sugerem agora que a Apple poderá revelar o seu headset em uma de duas ocasiões: em setembro, no momento em que apresentar a nova série iPhone 14 ou num evento dedicado a acontecer no início do ano de 2023.

O que já sabemos sobre o headset RA/RV da Apple

O novo headset da Apple é um dos equipamentos mais falado no mundo Web com múltiplos rumores a revelarem o que podemos esperar ver no dispositivo.

Espera-se então que o headset chegue equipado com ecrãs micro OLED com resolução 4K, com rastreamento ocular e ainda suporte para reconhecimento de gestos. Tudo para que o utilizador controlo mais facilmente o novo dispositivo.

Outros rumores sugerem a integração de um processador potente personalizado que vai oferecer um desempenho semelhante à série M1 da Apple, integrada nos portáteis MacBook e nos tablets iPad.

Para suporte de Realidade Aumentada e Realidade Virtual, o headset deve também contar com de até 15 câmaras espalhadas por todo o equipamento, além de integrar áudio espacial. O sistema operativo realityOS é que irá suportar todo o hardware integrado.

De resto, é expectável que o equipamento chegue com um preço elevado ao mercado. Alguns analistas apontam para que o custo do novo headset se situe na faixa entre os 2.000 e 3.000 dólares, ou seja, entre 1.900 e 2.900 euros.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.