Apple headset: afinal são dois dispositivos e já sabemos o nome dos dois

Mónica Marques
Comentar

Desde o ano passado que ouvimos falar no headset AR/VR da Apple, mas agora foram reveladas mais novidades sobre o possível substituto do iPhone.

Ao que tudo indica, vão existir dois equipamentos distintos com os seguintes nomes: Apple Reality One e Reality Pro.

Apple Headset com duas variantes, nas quais se inclui um modelo Pro

Apple headset
O novo headset pode chegar com um preço entre os 2.000 e 2.500 euros Crédito@Pexels/Pixabay

Há muito que o headset da Apple é alvo de rumores no mundo Web. Alguns dos quais, apontam até para que este equipamento seja o substituto do icónico iPhone num prazo de dez anos.

E hoje foram feitas mais revelações pertinentes sobre o dispositivo, ou melhor, dispositivos, no plural. De acordo com as informações divulgadas, a empresa de Cupertino acaba de registar pedidos para os nomes Reality One e Reality Pro, nos Estados Unidos da América, União Europeia, Reino Unido, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Arábia Saudita, Costa Rica e Uruguai.

Este pedido sugere que a Apple vai disponibilizar duas variantes do seu headset, sendo que, tal como o nome indica, haverá uma versão base e um modelo Pro do dispositivo.

Outra conclusão que se retira destas informações é que a maior parte dos mercados cruciais para a Apple receberam este pedido de registo de marca. O que surpreende é a ausência do mercado chinês, um dos maiores do mundo e também um dos mais lucrativos para a empresa.

Parece que o dito inovador headset da Apple poderá mesmo chegar no início de 2023, tal como alguns conhecidos analistas de mercado o anteciparam.

Especificações esperadas no novo headset Apple

Mark Gurman, jornalista da agência Bloomberg, tem sido uma das principais fontes no mundo Web a revelar as possíveis especificações do novo wearable Apple.

De acordo com o conhecido jornalista, o dispositivo na sua versão base pode incluir o processador M2, proprietário da empresa, assim como 16 GB de memória RAM. A confirmar-se esta informação podemos estar perante um equipamento com bastante poder de desempenho.

Outras fontes avançaram já também que, apesar deste headset, ser semelhante em aparência aos atuais equipamentos do género já disponíveis, a Apple pretende que os utilizadores possam ver o ambiente que os rodeia, sem retirar o dispositivo da cabeça.

Para isso, o dispositivo terá câmaras integradas – alguns rumores avançam que serão 15 sensores – e com um simples toque num botão dedicado, o utilizador pode ver tudo o que o rodeia na realidade.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.