Apple força a Google a melhorar (muito) os widgets no novo Android 12

Rui Bacelar
Comentar

A Google I/O 2021 brindou-nos com diversas novidades que, atempadamente, demos a conhecer na 4gnews. Entre o rol de melhorias temos uma séria renovação do aspeto dos widgets com o sistema operativo Android 12. Em parte, graças à Apple e ao iOS 14.

Os programadores poderão tirar proveito de uma API de widgets radicalmente melhorada na nova iteração do sistema operativo da Google para dispositivos móveis. É, finalmente, a transformação de que estes elementos careciam há vários anos.

Os widgets do Android 12 vão "aprender" com o iOS da Apple

Android 12 Google

Retrocedendo alguns anos, assim que a Apple anunciou a introdução dos widgets no seu iOS os utilizadores Android apontaram a existência deste elemento desde a criação e lançamento do sistema da Google. Aliás, foi até com algum superioridade que a plataforma do "robot verde" olhou para a nova implementação da Apple.

Por outro lado, certo é que este elemento estava ao abandono no Android, bem antes de a Apple apresentar a sua abordagem e implementação no iOS. Sintetizando, os widgets do Android cairam em desuso e o respetivo design era (e continua a ser) na maioria dos casos pouco inspirado, ou simplesmente feio.

Este elemento interativo que pode morar no ecrã inicial dos smartphones é capaz de acrescentar utilidade e alguns atalhos diretos para conteúdo fornecido por diferentes serviços, sem obrigar o utilizador a abrir as aplicações propriamente ditas. É, portanto, um elemento de utilidade comprovada, mas estava algo sub-aproveitado até ao momento.

A Google dá (finalmente) alguma atenção aos widgets

Android 12 Google

As novidades foram reveladas durante um dos painéis da Google I/O 2021 apelidada justamente de "Refreshing widgets. Aí, os "googlers" deram a saber que existirá um maior incentivo para que os programadores usem melhor os widgets no Android 12.

São mudanças significativas na Widgets API com o intuito de fomentar o seu desenvolvimento por parte dos programadores. Para que seja mais fácil encontrar estes elementos interativos de apresentação de informação e para que estes fiquem mais apelativos.

Importa frisar que a API colocará a prioridade na facilidade de descoberta destes elementos, querendo também que estes sejam mais interativos. Em síntese, a Google quer respirar nova vida neste ponto tão menosprezado nos últimos anos.

Mais elementos interativos, fáceis de encontrar e usar no Android 12

Google Android 12

Para tal, a Google introduzirá o suporte nativo para elementos interativos na forma de interruptores e caixas de escolha. Veja-se, por exemplo, a imagem acima que nos mostra um dos cartões apresentados no ecrã inicial com conteúdo do Google Fotos.

A este tipo de "cartões" somar-se-á um rol de listas e opções de seleção. Teremos, assim, mais elementos passíveis de configuração pelo programador e de fácil uso / descoberta por parte do utilizador.

Veja-se, a propósito, um dos exemplos dados pela Google na sua palestra, uma simples lista de compras. São elementos como este (imagem abaixo) que podem tornar os widgets novamente apetecíveis e mais atraentes.

Dos mais sofisticados aos mais simples, há nova vida para os widgets

Android 12 Google Apple

Em comum partilharão a filosofia de design que pautará todo o Android 12. Vemos, portanto, cantos arredondados e elementos que nos apresentam imediatamente a informação necessária. Sem sombras ou elementos que provoquem distrações necessárias.

O objetivo passa por simplificar a sua personalização e configuração - para os programadores - além de os tornar mais úteis - para os utilizadores. Para estes últimos, bastará arrastar, dimensionar e tirar partido das funções disponíveis.

Estes desenvolvimentos foram partilhados recentemente pela tecnológica de Mountain View num painel dedicado. É curioso ver a Google a dar tanta e nova atenção a este elemento do sistema, mas é um esforço certamente bem-vindo.

Após a Apple popularizar, novamente, os widgets no seu iOS, vemos um bom esforço a ser tomado pela Google para revitalizar este elemento. Agora, estará nas mãos dos programadores aproveitar este recurso bastante otimizado.

Os resultados começarão a ser visíveis assim que o Android 12 chegar aos utilizadores, provavelmente a partir do terceiro trimestre de 2021.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.