Apple expõe invasão de privacidade em todas as apps iOS na App Store

Rui Bacelar
Comentar

As aplicações móveis (apps) são a pedra de toque para os nossos smartphones e dispositivos móveis em ambas as plataformas, Android e iOS. Contudo, estas mesmas aplicações têm acesso a imensa informação sobre o utilizador, algo que a Apple passa agora a expor em todas as aplicações na App Store. Assim, o utilizador saberá sempre ao que cada app tenciona aceder.

Com a mais recente atualização da App Store, acompanhada do update iOS 14.3 e do macOS Big Sur, todo o ecossistema Apple está agora mais transparente. Assistimos à implementação dos "cartões de privacidade" e alguns têm o potencial de nos chocar.

A Apple implementou os cartões de privacidade na App Store

Acima podemos ver, por exemplo, a informação a que o WhatsApp, a plataforma de comunicação do grupo Facebook quer ter acesso para operar corretamente. Note-se o novo cartão "Data linked to you" e "Data not linked to you", ou Informação associada a ti e Informação não associada a ti.

Estes cartões, disponíveis em toda e qualquer aplicação presente na App Store, mostram ao utilizador o que é que cada aplicação faz com os seus dados. De que modo é que X informação é usada na aplicação, entre outros fins e destinos da nossa informação.

A medida já havia sido anunciada pela Apple durante a conferência WWDC na primeira metade do ano, entrando recentemente em vigor na loja de aplicações e conteúdos para iOS, iPadOS e watchOS, as plataformas móveis da tecnológica.

A informação do utilizador à lupa

Ainda me perguntam porque é que não tenho a app do Facebook instalada https://t.co/f15V0VvP1l

— Daniel Pinto (@Mouxy) 16 de dezembro de 2020

Entre as aplicações mais famintas por dados do utilizador está a app do Facebook para iOS. Tal como avança a publicação MacRumors, entretanto partilhada por vários utilizadores, a lista é manifestamente longa.

Esta exposição preocupa os responsáveis por algumas das maiores plataformas online, recordando aqui as palavras recentes de um representante do WhatsApp, classificando esta "novidade" como anti-concorrencial ou desleal.

Recuperando a essência das declarações, o WhatsApp receia que estes "avisos" assustem potenciais utilizadores, levando-os a optar por soluções que não a sua, com a única alternativa que não apresenta estes mesmos avisos a ser o iMessage da Apple.

A Apple publicará os "rótulos de privacidade" das suas apps iOS

App Store privacidade

Em resposta às críticas a Apple já deu a saber que também publicará os rótulos de privacidade das suas aplicações para iOS. À data de redação deste artigo as aplicação da gigante de Cupertino não apresentam este aviso para os utilizadaores.

De igual modo, não temos datas concretas para a sua publicação. Entretanto, as apps de terceiros como as várias plataformas do grupo Facebook já apresentam o rol de informações colhidas, bem como o fim primordial das mesmas.

A Apple insta os programadores a seguir o regulamento recém-publicado, com mais detalhes sobre a implementação desta medida. A recolha de dados é um tema sensível em pleno mercado digital, com a Apple a querer acautelar melhor a privacidade dos utilizadores no seu ecossistema.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.