Apple explica o futuro do iTunes no próximo macOS Catalina

Bruno Coelho
Comentar

O iTunes como o conhecemos vai acabar. Na conferência WWDC, a Apple anunciou que na próxima versão do macOS vai dividir as funcionalidades do serviço em três novas apps: Music, TV e Podcasts.

Através de vários pontos, a Apple explicou aos utilizadores como tudo vai funcionar. A empresa quer colocar cada conteúdo em sua app, e como seria de esperar não vais perder nada do que tens guardado ou comprado.

O que esperar dos novos serviços

  • Música que importaste ou compraste vai estar na nova aplicação do Apple Music;
  • As playlists que criaste no iTunes estarão na nova aplicação do Apple Music;
  • A loja do iTunes vai continuar disponível para comprar música no Mac, iOS, PC e Apple TV;
  • Cartões Presente e crédito no iTunes serão mantidos e podem ser usados com as novas apps e na App Store;
  • O backup, restauro e sincronização do iPhone, iPad e iPod vai mudar-se para o Finder;
  • Filmes e séries que compraste ou alugaste no iTunes estarão na nova app da Apple TV;
  • Usa a app da Apple TV para Mac para futuras compras e alugueres de filmes e séries;
  • Podcasts que subscreveste ou adicionaste ao iTunes estarão na nova app do Apple Podcasts;
  • Os audiobooks que compraste no iTunes estarão disponíveis na app do Apple Books;
  • Usa a app do Apple Books para Mac em futuras compras de livros áudio.

No que diz respeito a música, o Apple Music passa a ser o centro das operações. Tudo o que tenhas importado ou comprado passa para esta app. As playlists que criaste serão mantidas, e a loja passa também para a nova aplicação.

apple music
Mudas para o Apple Music, e o teu conteúdo muda contigo

Os teus cartões de presente do iTunes continuarão válidos, bem como qualquer crédito que tenhas investido na aplicação. A aplicação de TV vai funcionar da mesma forma, e conter qualquer filme ou série que tenhas adquirido ou alugado através do iTunes.

Sincronização com iPhone, iPad e iPod passa a ser feita no Finder

No que diz respeito a podcasts, passarão também para a nova aplicação para o efeito, e os audiobooks para um Apple Books renovado. Tal como é referido, qualquer backup, restauro ou sincronização de iPhones, iPads e iPods passa a ser feito no Finder.

Estas mudanças chegarão algures no outono, assim que o macOS Catalina chegar aos vários computadores Apple. A empresa diz que nada do que tens guardado será afetado, e que esta divisão favorece os consumidores.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.