Apple está tramada! Donald Trump é indiferente ao mais recente (e enorme) problema

Filipe Alves
1 comentário

Ainda há pouco falamos que a Apple está numa situação delicada se o governo de Donald Trump decidir banir as empresas norte-americanas de conduzir negócio com o WeChat.

Uma sondagem com mais de 1 milhão de pessoas relevou que 95% dos utilizadores do iPhone, mudariam de telemóvel caso a aplicação WeChat não estivesse na Apple App Store.

Apple com um problema sério nas mãos

Donald Trump Apple

Ainda que tenha uma cota de mercado de apenas 9% na China, estes 9% são de um mercado com mais de mil milhões de habitantes. Ou seja, o maior mercado de smartphones do mundo neste momento. Se a Apple ficar restringida de fazer negócio com o WeChat as coisas ficam complicadas para a empresa de Cupertino.

Donald Trump é questionado sobre o problema

Na mais recente conferência de imprensa, Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos da América, foi questionado sobre os problemas que a sua decisão poderá trazer a empresas como a Apple, Disney ou até Ford. A sua resposta foi um "tanto faz".

O jornalista Justin Sink pergunta a Donald Trump "Há muito alarme entre as empresas americanas sobre o seu pedido no WeChat. Apple, Ford, Disney, estão preocupados porque é uma grande plataforma de comunicação e plataforma de pagamento na China, que se proibir as empresas americanas de trabalhar com eles, não poderão vender iPhones na China ou em mercados semelhantes."

Donald Trump respondeu com um "Tanto faz." ao que Justin questionou "Então você não se importa?" e ao que Donald Trump afirmou "Temos que fazer o que é bom em termos de segurança do nosso país. Estamos muito dececionados com a China".

He really has just given up pic.twitter.com/XrXnxlcDJI

— Harry Kind (@harrykind) 14 de agosto de 2020

A situação está cada vez mais complicada. Depois da Huawei, Donald Trump tem atacado outras empresas chinesas. O TikTok e o WeChat são as mais recentes vítimas. Porém, desta vez, negócios americanos podem sofrer seriamente com esta decisão. Nomeadamente a Apple.

Antes de ires, descobre todos os rumores sobre o iPhone 12. Além disso, vê a análise ao iPhone SE (2020) e esclarece as tuas dúvidas.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.