Apple enfrenta multa milionária no Brasil por remover carregador dos iPhone

Rui Bacelar
Comentar

A tecnológica norte-americana volta a ser visada no Brasil com uma tranche de multas que ascendem aos dois milhões de dólares, cerca de dois milhões de euros. Em causa está a decisão da empresa de Tim Cook ao remover, da caixa do produto, os auriculares e, sobretudo, o carregador / adaptador USB dos seus modelos de Apple iPhone.

O Ministério da Justiça do Brasil impôs uma multa que ascende aos 12,275 milhões de reais, o equivalente a 2,34 milhões de dólares / euros à atual taxa de conversão.

Note-se que esta já não é a primeira - nem segunda - vez em que as autoridades brasileiras visam a tecnológica de Cupertino por vender os seus produtos "despidos" de carregador.

iPhone sem carregador vale multa de 2,34 milhões de euros no Brasil

Apple iPhone

A mais recente sanção marca a posição do Brasil perante a decisão da Apple em privar os consumidores deste componente essencial para o bom uso dos seus produtos. Justificando-o como uma medida de cariz ambiental e ecológico, continuamos a receber o novo telefone Apple sem este componente na sua caixa, apenas com o cabo USB.

Perante tal tendência, a Secretaria Nacional do Consumidor (SENACON), órgão do Governo Federal do Brasil, veio determinar a imposição da sanção supracitada, ameaçando também um bloqueio das vendas no país.

Em suma, o caso poderia culminar com o banimento da Apple da nação canarinha, tendo a empresa de Cupertino já reagido.

Apple diz estar a trabalhar com o SENACON para resolver a situação no Brasil

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, suspendeu a venda de iPhones sem carregador e multou a Apple, empresa responsável pelo smartphone, em R$ 12.274.500,00 #LiveCNNBrasil pic.twitter.com/gA8pZAayk4

— CNN Brasil (@CNNBrasil) 6 de setembro de 2022

A empresa de Tim Cook já veio a público afirmar que estava a trabalhar com o órgão brasileiro. O objetivo passa por resolver esta questão, assegurando os consumidores no Brasil de que encontrarão opções à medida das respetivas necessidades.

Desse modo, a Apple manterá as vendas no país, algo de importância extrema num dos maiores mercados mundiais de smartphones, o maior da América Latina. Para além disso, agora com o lançamento dos novos iPhone 14, o Brasil é um dos mercados prioritários da fabricante de iPhones, mas resta saber se teremos algo mais na caixa.

Incumprimento pode resultar no banimento da Apple do Brasil

Apple iPhone

Recordamos, a propósito, a situação similar ocorrida em França, país onde todos os novos iPhone são vendidos com os auriculares, com fio, incluídos na caixa. É provável que a empresa de Cupertino tome uma postura similar neste mercado e passe a incluir o carregador para evitar mais imbróglios legais no país. No entanto, até ao momento não temos informações nesse sentido.

Por fim, a multa agora anunciada será aplicada de forma gradual à tecnológica de Cupertino. O órgão estadual irá acompanhar os desenvolvimentos no sentido de garantir que o consumidor brasileiro não sai prejudicado com esta falta de acessórios na caixa.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com