Apple enfrenta multa milionária devido à resistência à água dos iPhone

Carlos Oliveira
Comentar

A americana Apple vê-se novamente envolvida em polémica relativamente às suas práticas de marketing. Em causa, está a forma como a empresa classifica os seus iPhone como resistentes à água.

A entidade para a concorrência italiana decidiu multar a Apple em 10 milhões de euros devido a esta temática. Uma decisão à qual a tecnológica americana se escusa de prestar declarações, pelo menos por enquanto.

Apple acusada de marketing agressivo e enganador

No documento publicado pela entidade reguladora italiana, a última classifica a forma como a Apple publicita a resistência à água nos seus iPhone como "agressiva e enganadora". Alegadamente, a tecnológica falha em clarificar sob que circunstâncias se aplicam essas condições.

iPhone

Estas acusações surgem depois de vários relatos em que a Apple se recusou a prestar apoio técnico a dispositivos danificados por líquidos. Diferentes formas de interpretar as certificações IP estão no seio de muitas controvérsias a envolver empresas e utilizadores.

No documento da entidade italiana são tecidas críticas às isenções de responsabilidade da Apple nestes casos. Nelas estão dispostos casos em que a empresa não cobre equipamentos danificados por líquidos e posterior escusa de apoio técnico, o que é encarado como enganador para os consumidores.

Em boa verdade, este é um tema sensível e aberto a várias interpretações. Pode ler-se nos temos das certificações IP que os equipamentos aprovados podem ser submersos durante um determinado período de tempo, até uma certa profundidade.

Por vezes estes acontecimentos correm bem para os utilizadores, mas é quando algo de menos bom sucede que começa a controvérsia. Muitos são os casos em que as empresas alegam mau uso do equipamento para não prestar assistência.

Esta multa dirigida à Apple traz novamente o tema para a ordem do dia. Veremos se a americana irá aceitar a sanção ou se irá ripostar para se livrar de mais uma coima milionária.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.