Apple: dispositivo de Realidade Aumentada será tão poderoso como um MacBook

Carlos Oliveira
Comentar

Ming-Chi Kuo, conceituado analista Apple, deixou as suas previsões para o mais arrojado produto da marca dos últimos anos. Numa nota aos investidores, Kuo revela que o primeiro dispositivo de Realidade Aumentada da marca será bastante poderoso.

Em rigor, o analista revela que o processador deste gadget terá um nível de desempenho semelhante ao M1 lançado em finais de 2020. Ou seja, terá o mesmo nível de desempenho que alguns computadores da Apple.

Gadget de Realidade Aumentada da Apple será impressionante

Tim Cook, CEO da Apple, já declarou várias vezes publicamente o interesse da empresa no mercado da Realidade Virtual, Com efeito, o desenvolvimento deste dispositivo não surpreende e são cada vez mais os pormenores conhecidos.

Apple Realidade Aumentada

O mais recente relatório de Ming-Chi Kuo aponta para um produto com "suporte para funcionalidades de ponta". Para isso, a Apple colocará dois processadores no interior deste dispositivo, um deles com um nível de desempenho similar ao SoC M1.

O outro será mais eficiente e a sua missão será comandar as tarefas menos exigentes. Aqui inclui-se a operação dos vários sensores que comporão este dispositivo de Realidade Aumentada.

A Apple pretende lançar um produto que abrangerá as áreas da Realidade Aumentada e Realidade Virtual. Por isso, virá equipado com dois ecrãs micro-LED com resolução 4K.

O propósito deste produto permanece envolto em mistérios, mas é sabido que o mesmo poderá funcionar de forma totalmente independente. Não será necessário um iPhone ou Mac por perto para desfrutar das suas funcionalidades.

Apple poderá substituir o iPhone por este gadget nos próximos 10 anos

Esta é a afirmação mais arrojada de Ming-Chi Kuo no seu relatório. Ele acredita que o iPhone possa ser substituído por este dispositivo de Realidade Aumentada no prazo de dez anos.

Esse parece ser o grande objetivo da Apple, mas há muitas variáveis que influenciarão essa meta. Kuo refere que o novo produto terá "uma ampla gama de aplicações", mas sem especificar quais.

O lançamento acontecerá no final de 2022

Importa ainda anunciar a altura em que Ming-Chi Kuo acredita que a Apple apresentará este revolucionário produto. Para o analista, isso acontecerá no último trimestre de 2022.

A ser isso verdade, este dispositivo poderá ser anunciado no tradicional evento de outono para a revelação da nova geração de MacBook´s. Só o tempo nos dirá se essa previsão esta correta.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.