Apple confirma acidentalmente o nome do processador que sucederá ao M1

Carlos Oliveira
Comentar

Muito se especulou que a Apple iria apresentar uma nova geração dos MacBook Pro na edição deste ano da conferência WWDC. Essa teoria acabou por não se concretizar, com o evento em causa a focar-se inteiramente no software da marca.

Contudo, a transmissão que todos pudemos ver no Youtube da WWDC deste ano poderá ter confirmado um aspeto importante desses computadores. Tendo por base esses dados, o sucessor do M1 será mesmo o M1X.

M1X será o processador dos próximos MacBook Pro da Apple

No vídeo em questão foram encontradas tags como "m1x" e "m1x macbook pro". A presença destas informações dará aso a várias teorias, mas o certo é que surge praticamente como uma confirmação do nome do próximo processador da Apple.

MacBook Pro M1X

Tais dados podem indicar que a Apple tinha efetivamente planeado a apresentação destes MacBook Pro para a WWDC, mas que acabaria por cancelar à última hora. Ou simplesmente se trata de uma estratégia de SEO da Apple para tentar beneficiar com a onda de rumores que rondava o assunto.

Note-se que, nas semanas anteriores à WWDC deste ano, foram várias as fontes que davam como certa a revelação de novos MacBook Pro no evento. Estes viriam equipados com um novo processador, precisamente o M1X.

Quando irá a Apple apresentar os novos MacBook Pro?

Estas tags são vistas como uma confirmação de que a Apple está mesmo a desenvolver novos portáteis com um novo processador. Com efeito, fica por esclarecer quando os mesmos serão apresentados.

Falhadas as teorias de uma apresentação esta semana, já se especula que isso possa acontecer no terceiro trimestre de 2021. Será possivelmente entre julho e setembro deste ano que serão oficializados os novos portáteis.

Atualmente, tudo o que possamos dizer é especulação. Nesse sentido, teremos de aguardar por dados oficiais para ficarmos a saber quando realmente serão revelados os novos MacBook Pro.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.