Apple: analistas acreditam que os iPhone 12 prejudicarão os lucros da empresa

Carlos Oliveira
2 comentários

Ontem foram finalmente revelados oficialmente os novos iPhone 12. A Apple voltou a alargar o seu portefólio com o lançamento de quatro novos modelos que trazem várias melhorias interessantes.

Feito o anúncio e revelados os preços dos iPhone 12, os investidores já mostram preocupação com as decisões da Apple. Os analistas da Barclays manifestam inquietação com a possibilidade de a empresa ver as suas margens de lucro caírem com os novos equipamentos.

iPhone 12

iPhone 12 vão influenciar negativamente as margens de lucro da Apple

Duas das principais novidades dos iPhone 12 são os seus ecrãs OLED e a compatibilidade com redes 5G. Ambas as adições terão um custo acrescido no desenvolvimento dos equipamentos, mas os preços de venda não fogem muito do que vimos no ano passado.

Mesmo com a remoção do carregador e dos auriculares da caixa dos iPhone 12, os investidores não estão otimistas no que diz respeito às margens de lucro da Apple. Estas ausências não serão suficientes para acomodar os custos adicionais na construção dos novos equipamentos.

A Apple é uma das empresas que mais lucra com os seus topos de gama, mas uma queda nesses valores será sempre vista de forma negativa por qualquer investidor. Por isso, é natural que estes estejam já a manifestar preocupação com uma potencial redução dos dividendos da empresa.

Preços dos Apple iPhone 12

Modelo 64GB 128GB 256GB 512GB
iPhone 12 Mini 829€ 879€ 999€ x
iPhone 12 929€ 979€ 1099€ x
iPhone 12 Pro x 1179€ 1299€ 1529€
iPhone 12 Pro Max x 1279€ 1399€ 1629€

Olhando para este quadro, não podemos dizer que os iPhone 12 serão amigos da carteira dos consumidores. O modelo mais barato continua a começar nos 829€, que é um valor elevado para muitos portugueses.

Ainda assim, a Apple conseguiu manter os valores das variantes Pro, apesar da adição do 5G e do sensor LiDAR na câmara traseira. Resta saber se os iPhone 12 serão bem recebidos no mercado ao longo dos próximos meses.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.