Apple admite que o iPhone 11 sabe onde estás mesmo quando não deveria

Carlos Oliveira
Comentar

Um analista de segurança da KrebsOnSecurity notou recentemente que o seu iPhone 11 estava a recolher dados da sua localização mesmo quando a opção fora desabilitada. Depois de contactar a Apple, qual foi o seu espanto quando a empresa refere que esse é um comportamento normal.

Este comportamento que parecia ser uma anomalia, foi documentado no vídeo abaixo e posteriormente enviado para a Apple. Nele podemos ver o utilizador e negar o acesso à sua localização em várias aplicações, mas sem efeitos práticos.

Apple confirma que alguns serviços continuam a aceder aos teus dados de localização

Na resposta da Apple ao vídeo de KrebsOnSecurity, a tecnológica aponta que "alguns serviços" continuam a aceder aos dados da nossa localização. Isto mesmo depois dos utilizadores negarem esse acesso.

Tal como aponta a fonte, estas declarações contrariam as próprias políticas da Apple. Nesse documento podemos ler que os utilizadores "...também podem desativar os serviços do sistema com base na localização em Serviços do Sistema e desativando cada serviço de sistema baseado na localização."

A solução passa por desativar completamente a Localização

Se desligares a Localização nas definições do teu iPhone, não há forma de os serviços terem acesso a esses dados. No entanto, se fazes uso da possibilidade de barrar esse acesso apenas a algumas aplicações, na verdade, poderás não o estar a fazer.

Tal verifica-se, por exemplo, se quiseres que a aplicação Mapas tenha acesso à tua localização e as outras não. Tal como a Apple admite, todas as outras aplicações poderão continuar a saber onde te encontras.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.