Apple abandonará caraterística única nos próximos portáteis MacBook Pro

Rui Bacelar
Comentar

A Apple pode apresentar e colocar no mercado um novo modelo de MacBook Pro no final deste verão. Os rumores têm sugerido uma renovação no segmento mais caro e avançado de portáteis Apple MacBook, com analistas a estudar os desígnios de Cupertino.

Ente as melhorias apontadas está uma versão melhorada, possivelmente a segunda geração dos próprios processadores M1. Os portáteis Apple também deverão passar por alterações estéticas e abandonar, por exemplo, a Touch Bar, a sua caraterísticas única.

Os próximos Apple MacBook abandonarão a Touch Bar

Apple MacBook Pro
A Touch Bar acima do teclado tem vindo a definir os Apple MacBook Pro.

Em particular o modelo de topo deverá ser apresentado com uma versão aprimorada do chip M1. Não sabemos, contudo, se tal processador será apelidado de M1X, ou se se afirmará como uma segunda geração de pleno direito, apelidada de M2.

Independentemente da nomenclatura do processador, os analistas da agência DSSC acreditam que a Apple abdicará da Touch Bar nos próximos portáteis. De acordo com as suas previsões, a caraterísticas única dos portáteis Apple não terá lugar no seu futuro.

Em causa está o relatório da Display Supply Chain Consultants (DSSC), desde então partilhado por diversos meios de comunicação e websites da especialidade. Segundo este relato, a gigante de Cupertino adotará, sobretudo, ecrãs AMOLED para todos os produtos.

Fá-lo-á nos próximos iPad de 10,9 polegadas, possivelmente os modelos mais baratos com ecrã OLED, tal como demos a conhecer na 4gnews em ocasião anterior. Por outro lado, a Touch Bar deverá ser abandonada com os próximos portáteis Apple.

Caraterística única dos portáteis Apple será aparentemente cancelada

Apple MacBook

Segundo o relatório da agência de análise de mercado, a fabricante de iPhones "cancelará a Touch Bar" para o seu próximo modelo de computadores Apple MacBook. É, para já, uma hipótese, mas elencando a agência de análise alguns fatores justificativos.

Segundo esta, a Touch Bar continua a ser a 3.* maior aplicação e caraterística única, presente em 18% das unidades e responsável por 1,2% das receitas obtidas pela Apple. Dados que comprovam a sua popularidade, mas que mostram o pequeno impacto, ainda que positivo, nos relatórios fiscais da gigante de Cupertino.

Como tal, a empresa considera que a Apple dedicará mais atenção aos ecrãs AMOLED que passarão a estar presentes em virtualmente todos os modelos de iPad. Por outro lado, a sua presença nos portáteis ficará assim num limbo.

Recordamos, por fim, que esta caraterísticas - a Touch Bar - foi introduzida pela Apple em 2016. A sua receção pelo público foi difusa, com alguns utilizadores a dar-lhe uso, sobretudo para edição de vídeo e imagem, ao passo que outros nem tanto.

Em síntese, o seu abandono é uma hipótese plausível para 2021 à medida que a Apple dedica esforços e recursos a outros produtose respetivos atributos únicos.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.