Aplicação "Telefone Google" chega a mais smartphones Android

Filipe Alves
5 comentários

A Aplicação "Telefone Google" é uma das melhores Apps de "telefone" que podes ter no teu smartphone. Além de muito simples e minimalista, grava os teus contactos de forma automática com a conta Google e deixa registo na cloud.

Contudo, nem todos os smartphones funcionam com a aplicação. Para já, tirando os Google Pixel e alguns smartphones Android One, poucos são os dispositivos que se podem gabar dessa instalação. Isto se o terminal não tiver root.

Telefone Google chega a alguns smartphones Samsung e OnePlus

Telefone Google

Segundo as informações, a nova versão Beta da aplicação está a chegar a mais smartphones. Nomeadamente da Samsung e OnePlus. Ainda assim, vale a pena frisar que não são todos eles. Além do mais, precisas sempre de estar registado na versão Beta da aplicação.

Como podes experimentar no teu smartphone

Só saberás se funciona no teu smartphone se tentares instalar. Infelizmente não temos uma lista de dispositivos ao qual a aplicação está funcional.

Primeiramente regista-te (via PC) na versão Beta da aplicação. É importante que faças este registo pelo computador. Logo depois de te registares, só tens de passar na Google Play Store e instalar a aplicação "telefone Google".

Caso não a encontres por uma pesquisa, segue este link. Se mesmo assim, ainda não está disponível, é porque o teu smartphones, infelizmente, ainda não tem implementação.

Aplicação deverá chegar a mais fabricantes

Espero sinceramente que esta aplicação chegue a mais modelos. Não há nada melhor que um smartphone num ecossistema bem feito. Por muito que a Huawei, Samsung ou até Xiaomi, nos dê o seu ecossistema, tenho de admitir que continuo a preferir o da Google.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.