Aplicação Google Trips é a mais recente adição ao "cemitério da Google"

Vitor Urbano
Comentar

A Google acaba de 'matar' mais uma das suas aplicações. A mais recente vítima foi a Google Trips, que deixou de funcionar a partir do dia 5 de agosto. No entanto, este acontecimento não deveria chegar com grande surpresa, visto que a empresa já tinha alertado os utilizadores há algum tempo.

A aplicação Google Trips servia de hub para todas as informações sobre o planeamento de férias e viagens. Nela, podias encontrar informações adicionais sobre os locais que planeavas visitar, assim como informações sobre reservas e notas personalizadas.

Google Trips cemitério

Google Trips ganha lugar cativo no 'cemitério da Google', mas não vais sentir a sua falta

Ainda que a aplicação fosse utilizada por milhões de utilizadores em todo o mundo, o seu desaparecimento não irá causar grandes frustrações. Ao longo dos últimos tempos, a empresa tem implementado muitas das suas funcionalidades em outros serviços, de forma a tornar toda a experiência de utilização mais orgânica.

Todas as ferramentas presentes na Google Trips estão já presentes em duas aplicações. Para encontrares as tuas notas, locais favoritos e reservas, basta realizares uma rápida pesquisa na aplicação Google.

Por outro lado, informações sobre sugestões de atividades, locais de interesse para futuras viagens e itinerários, podem já ser encontradas no Google Maps. Ainda mais, todas estas informações poderão facilmente ser disponibilizadas em modo offline caso assim o desejes.

Ao contrário do que é habitual, parece que a Google finalmente tomou a melhor decisão no que respeita ao futuro desta aplicação. A Google Trips serviu o seu propósito durante três anos, tornando-se cada vez menos essencial. A partir do momento em que, aplicações utilizadas por milhões de utilizadores todos os dias, oferecem as mesmas ferramentas, a sua existência deixou de fazer sentido.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.