Android vai receber notificações de privacidade semelhante às da Apple

Carlos Oliveira
Comentar

A Apple tem estado no centro das atenções devido à implementação de um sistema de notificações de privacidade. Este mecanismo visa alertar os utilizadores quando a sua privacidade for questionada e tem sido fortemente contestada por várias entidades.

De acordo com um relatório da Bloomberg, a Google está já a estudar um mecanismo semelhante ao utilizado pela Apple. Isto significa que também o Android deverá zelar mais pela privacidade dos seus milhões de utilizadores.

Google equaciona sistema menos restritivo que o da Apple

Este programa encontra-se ainda em fase de estudo e os pormenores ainda são escassos. Não obstante, a alternativa do Android partilhará os valores incutidos pelo App Tracking Transparency da Apple, visando a privacidade dos utilizadores.

Google

Segundo pessoas com conhecimento de causa, a Google estuda um equilíbrio entre a privacidade dos utilizadores e a sobrevivência dos negócios sustentados pela publicidade. Para isso, a gigante americana quererá implementar uma solução menos restritiva do que a da sua conterrânea.

Nesse sentido, este novo mecanismo poderá inspirar-se no que a Google já usa no Chrome. Aqui, a empresa americana desativou os cookies de terceiros que são habitualmente utilizados para monitorizar as ações dos utilizadores.

Para encontrar a melhor solução, a Google quis ouvir as opiniões de entidades que venham a ser impactadas por esta funcionalidade. Decisão que poderá também ter sido motivada para evitar críticas como as que têm sido feitas à decisão unilateral da Apple.

Conhecida esta temática, um porta-voz da Google já prestou declarações sobre o tema. Como seria de esperar, este não confirma ou desmente este projeto, afirmando: "Estamos sempre a procurar maneiras de trabalhar com programadores para elevar o nível de privacidade e, em simultâneo, possibilitar um ecossistema de aplicações saudável e com suporte para anúncios."

O que é o App Tracking Transparency da Apple?

A implementar na primavera, o mecanismo da Apple é basicamente um sistema de notificações de privacidade. Este alertará os utilizadores iOS sempre que qualquer aplicação tentar recolher os seus dados.

Ademais, todas as aplicações terão de pedir permissão aos utilizadores antes de recolher os seus dados. Só mediante o seu aval é que estas aplicações conseguirão monitorizar as suas ações, prática muito utilizada para anúncios dirigidos.

Perante esta decisão, entidades como o Facebook já se insurgiram contra a decisão da Apple. A empresa de Mark Zuckerberg alega que isto irá asfixiar os pequenos negócios cuja sobrevivência está diretamente ligada às publicidades.

Também a Google já deu a conhecer que irá suavizar as suas práticas de rastreamento dos utilizadores na plataforma iOS. Depois desta ação, espera-se agora que a gigante das pesquisas implemente um mecanismo semelhante no seu sistema operativo, o Android.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.