Android Pie está a causar uma drenagem de bateria fora do comum

Carlos Oliveira
Android Pie Android Oreo bateria
A mais recente versão deste sistema operativo está com problemas na gestão de energia da bateria

Foi no passado mês de agosto que a Google disponibilizou de forma oficial o Android Pie. A mais recente versão do sistema operativo mais utilizado no mundo está ainda a dar os seus primeiros passos no mercado.

Se és conhecer do mundo tecnológico, então sabes o grande mal de que o Android sofre: fragmentação. Para teres uma ideia mais concreta daquilo que falo, o Android Pie ainda não faz parte dos relatórios oficiais da Google.

Vê ainda: Aplicação com 5 milhões de downloads é retirada da Google Play Store

Em contrapartida, a versão mais utilizada em todo o mundo é o Nougat. Esta foi disponibilizada para o público em 2016. Por outro lado, o Oreo, disponibilizado no ano passado, é a segunda versão mais utilizada em todo o mundo.

Mas neste artigo não nos iremos debruçar sobre o tema da fragmentação. Vamos sim falar de um problema sério que tem afetado os pouquíssimos utilizadores que já podem usufruir da versão mais recente do sistema operativo da Google.

Android Nougat está a causar grandes perdas de energia de uma bateria

De acordo com o que avança a publicação VentureBeat, o Android Pie está a causar perdas de bateria bem mais acentuadas do que seria de esperar. Um fenómeno que pode ser facilmente comprovado em locais como o Reddit ou nos fóruns da comunidade Pixel.

Com o intuito de comprovar a veracidade destas alegações, a VentureBeat realizou os seus próprios testes. Assim, estes concluíram que, em certos casos, pode observar-se uma perda de 10% a 20% de bateria numa hora. Cenário verificado mesmo sem utilizar o smartphone.

Em casos extremos pode até observar-se ainda uma descarregar completa da bateria num instante. Além disso, com perdas de energia tão rápidas, o Android terá algumas dificuldades em prever o tempo restante de autonomia do smartphone.

Uma constante que vemos nos vários relatos dos queixosos são aplicações como o Youtube ou Spotify. Desse modo, uma das recomendações da VentureBeat é mesmo uma redução na utilização destas aplicações. Isto para tentar preservar um pouco mais de autonomia.

Uma das causas deste fenómeno poderá ser aplicações concebidas para antigas versões do sistema operativo. Por conseguinte, estas não estarão a lidar bem com algumas das novidades do Android Pie. Por exemplo, as restrições para a execução em segundo plano poderão estar a causar estas perdas de energia fora do normal.

Apenas esta versão é afetada por este problema

A fonte desta informação refere ainda que conseguiu comprovar que este cenário só se verifica em equipamentos com o Android Pie instalado. Desse modo, se és dos poucos que utiliza este sistema operativo, existem algumas recomendações para contornar o problema.

Em primeiro lugar, deves evitar ao máximo aplicações como o Youtube ou Spotify. Em segundo lugar, deves ter o modo de poupança de bateria constantemente ligado e o brilho automático desligado por igual período temporal. Por fim, resta-nos esperar que a Google lance em breve uma correção oficial para o problema.

Editores 4gnews recomendam:

Xiaomi Mi 8 Lite: Preços oficiais do smartphone na Europa

Alguns Huawei Mate 20 Pro estão com problemas no ecrã curvo

Google Play Store: 13 aplicações Premium que estão agora Grátis

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.