Android. Nokia já tem 1% do mercado mundial de smartphones

Rui Bacelar
Android Oreo 8.1 Nokia 8 foto
Este é o atual topo de gama da HMD Global. Em breve poderá ser substituído.

Agora sob a batuta da HMD Global, a Nokia está a regressar gradualmente ao mercado mundial de smartphones. Adotando agora o sistema operativo Android, da Google com toda a sua vastidão de aplicações. Gradualmente os consumidores voltam a olhar para aquela que foi a maior fabricante mundial de dispositivos móveis durante anos a fio.

Regressou em 2017 e apesar de não ter voltado com todo ímpeto de outrora mas sim um regresso calculado e faseado. Seja como for, isso não altera os factos. Para quem só agora se lançou no mercado mundial de smartphones Android a Nokia está a sair-se francamente bem.

Vê ainda: 23 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Neste momento, segundo os dados da Counterpoint Research, agência de análise e estudo de mercado, a fabricante finlandesa tem 1% de quota de mercado mundial. Pode parecer pouco, mas com a orientação e cautela da HMD Global a marca tem-se expandido gradualmente pelo mundo.

Tal como podem ver mais abaixo, os dados da Counterpoint Research mostram-nos um crescimento bem notório.Passariam de apenas 0.1 milhões de unidades vendidas no primeiro trimestre de 2017 para um valor que chega aos 4.15 milhões de smartphones Android vendidos no último trimestre do ano.

Nokia está de volta ao mercado de smartphones, agora com Android

Seriam mais de 8.45 milhões de smartphones Android durante todo o ano de 2017, valor que conferiu à Nokia o seu 1% no mercado mundial de smartphones. Dados que seriam avançados também pela NokiaMob. Apesar de parecer irrisório, este 1% representa um grande trunfo para uma marca que não poderia voltar a falhar sob o risco de desaparecer completamente do mercado de smartphones.

Nokia mercado mundial smartphones Android
Crescimento bem notório durante todo o ano de 2017

Além de ser um crescimento sustentável, a marca parece estar bastante segura do seu rumo para o futuro. Sentimos que cada produto tem uma posição bem definida e que cada estratégia é bem pensada. Tudo isto para dar à Nokia o 10º lugar no Top 10 das maiores construtoras mundiais.

Com efeito, em 2017 a Nokia igualaria o valor de vendas da Meizu com a qual está empatada. Ambas as construtoras possuem 1% do mercado de smartphones mundial e a sua presença tem crescido significativamente. Agora, resta-nos esperar que o ano de 2018 seja tão positivo como 2017.

A marca já anunciou a sua presença no MWC (Mobile World Congress) em Barcelona no próximo dia 25 de fevereiro. Aí, mesmo antes de o evento começar oficialmente, a marca apresentará novos dispositivos Android.

Esperemos para ver o que o futuro reserva à Nokia.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi Mi Mix 2S – Assim será o próximo Android da Xiaomi

Huawei P20. Imagens e vídeo mostram-nos o iPhone X com Android

Mensagens Android revelam-nos os planos da Google face à Apple

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.