Android N finalmente com Multi-Window, mas o que significa isso para o utilizador?

Filipe Alves

Pixel C .5

A preview Android N já está online para download, todas as novidades foram faladas de uma forma coerente pelo Carlos no artigo anterior, mas uma das novas características que me saltou à atenção foi este tal de Multi-Window.

Esta funcionalidade tal como o nome indica, dá-te a possibilidade de utilizares várias janelas de aplicações diferentes no ecrã. Neste momento temos o multi-window em quase todas as plataformas, desde Windows 10 a iOS nos iPads.

Pixel C .3

Com esta característica a chegar aos terminais android, finalmente acredito que uma das coisas que mais tenho criticado na plataforma, a falta de produtividade.

A falta de produtividade num tablet android é absurda, consegues fazer as mesmas coisas é verdade, mas demoras o dobro do tempo. A multi-window será algo que adoraremos num tablet, algo que tenho a certeza que mudará a forma como a nossa utilização neste gadget.

Já há tablets android que dão esta possibilidade, por exemplo, os tablets da Samsung já tem esta característica há muito tempo e certamente por isso sempre olhei com bons olhos aquele pesado TouchWiz num gadget com muitas polegadas, porque pelo menos conseguias mais produtividade do que Stock Android.

tablet men

Isto de uma forma simples significa que os novos tablets android, sejam eles Nexus ou não, darão mais possibilidades, as empresas estão a migrar para Windows 10 por alguma razão e esta nova característica poderá ser a bóia salva-vidas de Android num ecrã superior a 7" polegadas.

Continuo com a opinião que o tablet como o Pixel C deveria ter o seu próprio Sistema Operativo, um sistema híbrido do género de um Surface para que conseguisse olhar frente-a-frente a concorrência.

Não me parece que seja apenas com estas novidades que os tablets com Android conseguirão sobreviver, mas a verdade é que é um bom começo.

Talvez queiras ver:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.