Android: Está na hora de dizer adeus à HTC

Vitor Urbano
vendas HTC Desire 12 Plus smartphone Android
Smartphones Android da HTC poderão estar em vias de extinção...

Parece cada vez mais distante a época em que a HTC se apresentava como uma das mais importantes fabricantes de smartphones Android. Durante os últimos anos a fabricante entrou numa espécie de "comboio fantasma", apresentando resultados negativos mês após mês.

As notícias de que a sua divisão de smartphones continua a apresentar resultados cada vez piores já não são de agora. Mas, quando pensávamos que a fabricante não poderia piorar ainda mais, eis que chega o pior mês de toda a sua história.

Vê ainda: Dica: Como desinstalar várias aplicações Android de uma só vez

A empresa publicou agora o relatório de receitas da sua divisão de smartphones para o mês de setembro (2018). Assim como seria de esperar, os resultados não poderiam ser mais negativos. Continuando o seu acentuado declínio, apresentou receitas a rondar os 35 milhões de euros.

Para uma fabricante da dimensão da HTC, estes são resultados muito negativos, apresentando uma quebra de 9,57% quando comparado com o mês anterior. No entanto, todo este cenário revela-se ainda mais preocupante quando comparamos com os seus resultados exactamente há um ano.

Não deve demorar muito até que deixem de existir smartphones Android da HTC

Quando comprados os resultados deste ano, com os números alcançados em setembro de 2017, vemos que a HTC apresentou uma quebra de mais de 80%. Não existe qualquer outra palavra para descrever o caminho que a fabricante está a seguir, a não ser "preocupante".

Este poderá ser o primeiro ano em toda a sua história, que a marca irá acabar o ano sem conseguir alcançar a marca de mil milhões de euros em receitas. Especialmente se considerarmos os resultados de 2017. Por esta altura, já tinham ultrapassado a marca de 1,5 mil milhões de euros. Não nos podemos esquecer que mesmo 2017 já se tinha apresentado um ano bastante negativo.

HTC U12 Life IFA 2018 gama méida android 4gnews
O HTC U12 Life foi agora revelado pela marca na IFA 2018 | @phonearena

É com grande surpresa que vemos uma fabricante deste nível deixar-se cair de forma tão acentuada, sem nada conseguir para mudar o seu rumo. Visto que esta situação já se verifica há alguns anos, seria de esperar que medidas mais drásticas tivessem sido tomadas.

No entanto, ano após ano, vemos a HTC trazer para o mercado smartphones Android que em nada são competitivos com a restante oferta. Uma fabricante que em tempos foi inovadora, hoje limita-se a seguir as tendências (e mal...). No entanto, continuam a praticar preços extremamente elevados, tornando a decisão dos utilizadores bastante fácil.

Por fim, parece que já entraram numa fase que apenas um milagre poderia salvar os smartphones Android da HTC. Ao que tudo indica, não parece que esse milagre acabe por chegar. A HTC cada vez mais parece ter os dias contados... pelo menos no que respeita aos seus smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

Estas serão as diferenças entre o Huawei Mate 20 Pro e Mate 20

Qualcomm Snapdragon 8150: Nova mudança de nomenclatura na calha

Samsung baterá recordes de lucro devido à Apple e aos novos iPhones

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.