Android foi o sistema operativo mais vulnerável de 2019. Conhece o top-10

Carlos Oliveira
Comentar

Um relatório da autoria da TheBestVPN dá-nos a conhecer os sistemas operativos com mais vulnerabilidades no decorrer do ano de 2019. O Android é aquele que surge no primeiro posto, superando o Windows 10 e ainda a distribuição de Linux Debian.

Segundo os dados revelados, o sistema operativo da Google contabilizou um total de 414 vulnerabilidades só em 2019. Um número que o coloca não muito acima dos dois concorrentes mencionados no parágrafo anterior.

Eis os 10 sistemas operativos mais vulneráveis de 2019

  1. Android - 414 vulnerabilidades
  2. Debian - 360 vulnerabilidades
  3. Windows Server 2016 - 357 vulnerabilidades
  4. Windows 10 - 357 vulnerabilidades
  5. Windows Server 2019 - 351 vulnerabilidades
  6. Windows 7 - 250 vulnerabilidades
  7. Windows Server 2008 - 248 vulnerabilidades
  8. Windows Server 2012 - 246 vulnerabilidades
  9. Windows 8.1 - 242 vulnerabilidades
  10. Windows RT 8.1 - 235 vulnerabilidades

Android

Como podes ver, o Windows é a presença mais constante nesta lista. Esse dado não é, de todo, uma surpresa, não fosse este um dos sistemas operativos mais usados em todo o mundo. Isso atrai os hackers, mas pode igualmente dever-se a algumas falhas de segurança no seu hardware

Nem tudo são más notícias para o Android

Não há razão para começarmos já a passar um atestado de insegurança ao Android. Claro que o ideal seria a contabilidade de zero vulnerabilidades, mas se olharmos para anos anteriores, vemos que estes números são positivos.

Basta recuarmos até 2017, ano em que o Android contabilizou 843 vulnerabilidade. Ou seja, em dois anos a Google e os seus parceiros conseguiram reduzir para metade as fragilidades no sistema operativo.

A Google não é a única culpada por estes números

De igual forma, não devemos atribuir todas as culpas por estes números à Google e à sua equipa de desenvolvimento. Muitas destas vulnerabilidades estão ao nível do hardware utilizado, algo que está fora da alçada da empresa americana.

Android smartphone

Ainda esta semana noticiamos uma vulnerabilidade nos processadores MediaTek que possibilitava o uso do root nos equipamentos. Este é um exemplo de como o Android "ganha" uma falha de segurança sem que tenha culpa.

Apple é uma ausência notada nesta lista

Não poderia deixar passar este tema sem mencionar a ausência da Apple nesta lista. Os seus sistemas operativos tiveram sempre um certo selo de segurança e esta tabela comprova isso mesmo.

O facto de a tecnológica desenvolver o seu hardware e software potencia esse dado. Desde logo excluem-se problemas alheios à Apple, como é o caso do exemplo que dei da MediaTek.

Atenção que estes dados não significam que os sistemas operativos da Apple não tenham falhas de segurança. Elas existem, só que em menor número que aqueles que protagonizam esta lista.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.