Android Oreo Android P Google
Afinal, o teu smartphone até está bem protegido. Eis as novas informações ©gadgets360

Depois de aqui termos avançado em primeira mão as conclusões de um estudo da Security Research Labs (SRL). Peça onde se levantaria a suspeita de que algumas fabricantes como a ZTE e TCL estivessem a ‘mentir’ nos patches (correções) de segurança mensais. Agora, temos mais informações sobre o caso das atualizações de segurança do Android.

Com efeito, um dos autores do estudo que daria origem a todo o falatório e investigador na área, vem colocar um ponto final em todo o sencionalismo. Com efeito, afirma o seguinte. Mesmo que o teu Android não tenha algumas atualizações de segurança continua a ser mais seguro do que o típico computador (máquina) Windows.

Vê ainda: Xiaomi Mi Band 3 terá sido avistada no pulso de Lei Jun, CEO

Em primeiro lugar, as fabricantes que mais preocuparam os investigadores seriam a ZTE e TCL. Duas fabricantes chinesas, sendo esta última a responsável pelas marcas Alcatel e BlackBerry, cujos dispositivos ainda são relativamente populares em Portugal. As demais fabricantes Android revelaram-se mais cumpridoras.

No cerne da questão, tal como avançou também a publicação Wired, estava o facto de algumas fabricantes Android mentirem sobre o último “pacote” de segurança aplicado. Algo que se verificou sobretudo nas duas fabricantes supra-citadas. Todavia, existem algumas atenuantes para o caso.

O teu Android continua a estar mais seguro do que o PC

Em declarações à publicação Android Authority, respondendo a um email enviado por esta, Karsten Nohl, co-autor do estudo inicial avança o seguinte. “Algumas das falhas nas atualizações de segurança dever-se-ão a dificuldades efectivas em acompanhar o ritmo de lançamento de novos patch’s. Sobretudo quando cada atualização de segurança para o Android exige novos drivers para o processador. Novo kernel de Linux e outros pressupostos“. Mais ainda, avança que “Só em alguns casos é que detectamos fabricantes a mentir propositadamente, ainda assim, a tendência tem diminuído”.

Atualizações de segurança estão garantidas na maioria das fabricantes

segurança atualizações Malware Smartphone Android
Afinal de contas o teu smartphone Android, está mais protegido do que o típico PC Windows

Esta entidade atualizaria também a sua aplicação SnoopSnitch na Google Play Store para agora te mostrar todos os patch’s autênticos. Para que o utilizador saiba efetivamente qual é o pacote de segurança instalado no seu smartphone Android. Note-se que esta App pertence à entidade que levou a cabo o estudo onde foram detectadas as anomalias nas atualizações de segurança.

Mas há mais, segundo Nohl, um dos investigadores responsáveis pelo estudo, saltar uma ou outra atualização de segurança não é tão preocupante como se pensaria. Refere ainda que, ainda que possam faltar algumas atualizações de segurança, em média o dispositivo Android continua seguro. Aliás, vai ao ponto de afirmar que continua a ser mais seguro do que a típica máquina Windows.

O que é que o utilizador pode fazer para se precaver?

Além de descarregar e utilizar a aplicação SnoopSnitch, o que podem os consumidores fazer caso não tenham as atualizações de segurança mais recentes? A esta questão, Nohl responderia o seguinte.

Falhar uma ou outra atualização de segurança do Android por si só não é problemático. Isto porque para que uma falha de segurança seja explorada pelos hacker é necessária a exploração de vários bugs. O acumular de várias lacunas de segurança até que consigam atingir o seu propósito“.

Atualizações de segurança Malware Android smartphone
A menos que o teu smartphone ou tablet Android seja arcaico, estarás protegido.

Avança ainda que, se o utilizador detecte um grande espaço de tempo sem receber atualizações de segurança. Aí o melhor será mesmo mudar de smartphone Android. Escolhendo uma fabricante que seja mais rigorosa neste ponto e que forneça atualizações de segurança mensais ou trimestrais.

Ainda que faltem algumas atualizações de segurança…

Neste momento não vimos nenhum ataque de hacking em larga escala no sistema Android e esperemos que o vejamos. Cada smartphone tem um número de barreira de segurança e mesmo que saltem ou falhem um patch. Normalmente essa falha apenas afeta uma das várias barreiras. Desta forma os consumidores podem ficar descansados que o seu dispositivo Android é mais seguro do que a maioria dos computadores Windows. Mesmo que possa falhar em algumas atualizações de segurança”. Declarações de Karsten Nohl à publicação Android Authority.

Terminaria ao afirmar que o incrivelmente grande número de smartphones e dispositivos móveis vem dificultar esta tarefa de atualizações. Com tantos equipamentos a exigir atualizações mensais ou trimestrais, as fabricantes estão cada vez mais ocupadas a atualizar os dispositivos. Avançaria ainda que é imperativo que se comecem a simplificar os modelos e gamas de produtos. Isto para que também as fabricantes não fiquem sem mãos a medir.

A menos que o teu dispositivo Android seja arcaico, fica tranquilo

Em suma, a menos que tenhas um dispositivo Android já completamente arcaico. Equipamento que há vários meses /anos não recebe uma atualização. Aí sim, tens motivos para estar preocupado mas de qualquer forma estará na altura de trocar de smartphone. Caso contrário podes estar tranquilo.

É importante não descurar este quesito das atualizações de segurança, é certo, mas importa também ter noção daquilo que elas representam. Aliás, existe um consenso em torno das melhorias neste quesito por parte de praticamente todas as fabricantes Android.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Google Fotos tem novidades para Cães e Gatos graças ao Lens

Terá a Google revelado o nome do sucessor do Android Oreo?

OnePlus 6 pode chegar em azul e com Dash Charge V2

Fonte 1, Fonte 2 | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).