comscore comscore
Home Android

Android. Aplicações estão a enviar dados sensíveis para o Facebook

Os dados estão a ser enviados sem o consentimento dos utilizadores.

Google Facebook Messenger envio Android
Mais um escândalo de segurança para a rede social

Recentemente, o Facebook tem estado envolvido em vários escândalos de privacidade. Por exemplo, uma das recentes polémicas prende-se com o envio de informações pessoais para outras empresas. Desta feita, é a plataforma de Mark Zuckerberg quem estará a beneficiar com dados recebidos de algumas aplicações para Android.

Recentemente foi levada a cabo um estudo que mostra que 20 aplicações, bem conhecidas, para Android estarão a enviar dados para o Facebook. Não só se trata de uma prática pouco ética como ainda está a ser levada a cabo sem o consentimento dos utilizadores.

Vê ainda: WhatsApp: Manda mensagem de Ano Novo a todos os contactos de uma só vez

De entre as aplicações Android em causa podemos destacar a Kayak, MyFitnessPal ou até a TripAdvisor. Com efeito, estas e outras estão a enviar dados que vão desde os mais inofensivos aos mais pessoais.

Facebook está a receber informação privilegiada de populares aplicações Android

De entre os dados que estão a ser enviados podemos referir informações sobre viagens, se o utilizador possui filhos, pesquisas recentes, entre outras. Ademais, dados como o número de vezes que a aplicação foi aberta ou a identificação Google também são enviados.

Para além disso, as aplicações Android em causa enviam os dados no momento em que são abertas. Ou seja, o utilizador nem sequer tem tempo para definir as permissões que quer dar a essas aplicações.

Com efeito, esta prática é uma clara violação de algumas leis de privacidade, em especial na Europa. A nova lei GDPR obriga a que o utilizador tenha de dar o seu consentimento antes que qualquer dado seu seja registado por que entidade for.

Facebook Messesger M Instagram
O ano em análise na maior rede social do mundo.

Ademais, a própria SDK do Facebook é uma causadora deste problema, tal como reportam alguns programadores. De acordo com este estudo, a própria SDK não dá tempo sequer para interrogar o utilizador sobre as suas permissões. As suas informações são imediatamente registadas assim que a aplicação é aberta.

O Facebook já afirmou ter lançado uma atualização que corrige este problema. No entanto, os programadores continuam a afirmar que a prática acima descrita continua em vigor.

De acordo com o estudo, apenas a plataforma Android está a ser fustigada por este problema. Ou seja, se és um utilizador iOS podes estar descansado pois os teus dados pessoais continuam seguros.

Editores 4gnews recomendam:

Xiaomi Mi Mix 4: O que esperar do próximo smartphone topo de gama

Samsung Galaxy A50 tem tudo para ser um gama média bem interessante

Wickr Me: A aplicação de mensagens que tens (mesmo) de conhecer!

Fonte | Via

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.