Xiaomi Mi MAX 3 revelado em imagens oficiais pelo CEO da Xiaomi

Rui Bacelar
Xiaomi Mi Max 3 Android Oreo
Este será o próximo phablet topo de gama

Muito em breve (19 de julho) ficaremos a conhecer oficialmente este smartphone Android de gama média-alta. Chamar-se-á Xiaomi Mi MAX 3 e surpreenderá (ou não) pelo seu tamanho de tela ou ecrã. Agora, vemos os novos renders (renderização) do produto.

O próximo phablet a ser lançado pela empresa de Lei Jun será o terceiro elemento da sua linha de phablets, os Mi MAX. Agora, já pouco resta para conhecermos deste terminal, tendo as suas principais características sido gradualmente reveladas.

Vê ainda: Google pode receber a multa mais alta da sua história nos próximos dias

Note-se que estas imagens (renders) podem ser apelidadas de oficiais, isto pelo facto de terem sido divulgadas pelo próprio CEO da empresa. Com efeito, seria Lei Jun a partilhar estas imagens há poucos momentos na sua conta (perfil) oficial na rede social chinesa, a Weibo.

Algo que nos deixa antever os principais traços e confirmar vários dos rumores que têm surgido até à data em torno do dispositivo móvel. Mais ainda, Jun partilharia hoje novas especificações técnicas, confirmando mais algumas das características técnicas.

Eis o Xiaomi Mi MAX 3 com ecrã de 6.9 polegadas

Com efeito, o Xiaomi Mi MAX 3 apresentará um ecrã de 6.9 polegadas, formato 18:9 para um look alto e estreito. Estará disponível para os consumidores num total de 3 cores, em Preto, Dourado e Azul. Mais ainda, a resolução deste ecrã IPS LCD será de Full-HD+ tal como já havia sido sugerido pelas fugas de informação. Agora, podemos aquietar as nossas dúvidas perante o caráter oficial destas novas imagens ou renders (renderizações digitais).

Xiaomi-Mi-MAX-3-Android-Oreo-1.jpgXiaomi-Mi-MAX-3-Android-Oreo-2.jpgXiaomi-Mi-MAX-3-Android-Oreo-3.jpgXiaomi-Mi-MAX-3-Android-Oreo-4.jpgXiaomi-Mi-MAX-3-Android-Oreo-5.jpgXiaomi-Mi-MAX-3-Android-Oreo-6.jpgXiaomi-Mi-MAX-3-Android-Oreo-7.jpg

Com uma câmara dupla na sua traseira, temos um alinhamento vertical dos seus sensores, interrompido apenas pelo flash LED. Disposição esta extremamente comum atualmente, estando presente em praticamente todos os topos de gama mais recentes com particular destaque para o Mi 8 e para o iPhone X da Apple.

Software - Android Oreo com a MIUI da própria Xiaomi

Temos ainda um sensor de impressões digitais ou leitor biométrico no smartphone Android. Isto além da sua porta áudio P2 (porta jack de 3.5mm). Mais ainda, toda a sua construção é em metal, com cantos arredondados e as antenas em forma de "U" nas suas extremidades.

O próprio CEO referiu especificamente a presença de um ecrã grande neste Xiaomi Mi MAX 3. Referiria ainda a presença de uma grande bateria para alimentar todo o terminal. Algo que segundo as fugas de informação consistirá numa bateria de 5500mAh de capacidade.

No interior do Xiaomi Mi MAX 3 teremos o processador Snapdragon 636 da Qualcomm, um SoC de gama média. O processador apresenta 8 núcleos de processamento com uma frequência máxima de processamento de 1.8Ghz.

Já a nível de câmaras, teremos um sensor principal de 12MP auxiliado pelo segundo sensor, este com 5MP e com o flash LED entre ambos. Na sua parte frontal, para as selfies teremos uma câmara de 8MP.

Já a nível de memória teremos 3GB de RAM na sua versão base com 32GB de armazenamento. Contamos também com uma versão intermédia de 4GB e 64GB para além da versão "Pro". Esta última com 6GB e 128GB de RAM e armazenamento, respetivamente.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy S10 terá 3 variantes e sensor biométrico no ecrã

Todos os novos Apple iPhone para 2018 contarão com o Face ID

15 pack de ícones Premium estão grátis para o Nova Launcher

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).