iphone-7-4gnews-1-1

A Apple apresentou o seu novo par de smartphones no inicio deste mês de setembro. Estes novos equipamentos não apresentaram uma revolução tão impactante quanto a que normalmente estamos habituados no início de uma nova iteração de modelos, mas isso não inibiu a Apple de introduzir algumas novidades, nomeadamente a tão aguardada certificação contra água e poeiras.

Vê também: Sabes o que está a causar o “assobio” no iPhone 7?

   

Outro aspecto que a gigante de Cupertino modificou este ano foi a não revelação de números oficiais relativos às vendas dos novos iPhone 7 e iPhone 7 Plus no seu primeiro fim-de-semana nas prateleiras, o que nos deixa inevitavelmente no campo da pura especulação. O certo é que as filas às portas das Apple Store repetiram-se e tivemos relatos de que o iPhone 7 Plus estava já esgotado mesmo antes das lojas abrirem as portas.

Isto poderia deixar a antever que os novos equipamentos tenham sido novamente um sucesso de vendas. Contudo, a crença de alguns analistas quanto à venda dos novos iPhone 7 e iPhone 7 Plus aponta para números abaixo dos registado no ano transato. Segundo a GfK, o novo par de iPhone´s vendeu, no seu primeiro fim-de-semana, menos 25% que os iPhone 6S e iPhone 6S Plus, enquanto a Digitimes aponta para um queda na ordem dos 20%.


Segundo este último analista, a Apple terá encomendado a produção de 50 milhões de unidades para o terceiro trimestre do ano, baixando esse número para os 45 milhões no último trimestre de 2016. Já para os primeiros três meses de 2017, os rumores apontam para uma produção entre os 35 milhões e os 37 milhões de exemplares.

Sem uma revelação de números oficiais de vendas por parte da Apple, nunca saberemos se estes números retratam fielmente a realidade. Mas mesmo acreditando que estes números agora revelados sejam reais, o iPhone continuará a ser sempre objecto de desejo da parte de muita gente.

Talvez queiras ver:

Apple certifica patente de um “saco” e claro que as piadas vieram de seguida (vídeo)

Siri speaker já se encontra em fase de de testes

Problemas “isolados” afectam os Galaxy Note 7 que substituem os Note 7 “explosivos”

Viaphonearena
Fontedigitimes
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.