Amazon: vídeo expõe destruição de milhões de produtos não vendidos

Bruno Coelho
Comentar

No início desta semana a Amazon esteve nas bocas do mundo, ao promover o seu dia anual de descontos: o Prime Day. Pela mesma altura saía um exclusivo da estação televisiva ITV News que mostra as práticas da empresa face a produtos não vendidos.

O vídeo em questão mostra que a Amazon está a “destruir milhões de produtos não vendidos por ano num dos seus armazéns no Reino Unido”. A investigação levada a cabo pelo referido canal mostra que entre os produtos se encontram Smart TVs ou computadores portáteis novos e que nunca foram sequer abertos.

Exclusive: Amazon is destroying millions of items of unsold stock in one of its UK warehouses every year, an ITV News investigation has uncovered. Many of the products - including smart TVs and laptops - are often new and unused. #AmazonWaste https://t.co/OJjexAJnrD pic.twitter.com/SnJnCMZFLN

— ITV News (@itvnews) 21 de junho de 2021

O armazém em questão fica em Dunfermline, na Escócia, e no vídeo podemos ver inúmeros produtos a ser marcados como passíveis de ser destruídos. Mais tarde, vemo-los a ser encaminhados para aquilo que são referidos como sendo “centros de reciclagem”.

130 mil produtos destruídos por semana, revela ex-funcionário da Amazon

A fonte foi longe na investigação, e conseguiu chegar à fala com um suposto ex-funcionário da Amazon. Protegido pela confidencialidade, esta revela na entrevista que a empresa destrói qualquer coisa com 130 mil produtos daquela forma por semana.

O referido ex-funcionário refere que gadgets como MacBooks, iPad ou aspiradores da Dyson estão entre os inúmeros produtos destruídos. É ainda referido que só num dia terão sido destruídas 20 mil máscaras de proteção contra a Covid-19 ainda em perfeitas condições.

Em comunicado, a Amazon refere que espera poder num futuro próximo poder acabar por esta prática. O mais impensável é como a maioria destes produtos poderiam ser simplesmente doados, e não são.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.