Amazon Ring: campainha está a explodir nos utilizadores que não a instalam corretamente

Filipe Alves
Comentar

A Amazon Ring é uma das campainhas inteligentes mais interessantes do mercado. Além de ter um preço aceitável, pode ser conectado com a Alexa e todos os teus equipamentos móveis.

Em síntese, a Amazon Ring é um gadget a considerar porque também não necessita de conexão com fios para funcionar. Tem uma bateria e é resistente a água e poeiras. O problema está nos utilizadores que insistem em não instalar a Amazon Ring como era suposto.

Amazon Ring pede a recolha de campainhas com problemas na bateria

Amazon Ring

A Amazon começou a recolha de campainhas inteligentes Ring da segunda geração (2GEN) por não cumprirem as normas de segurança que é suposto. Contudo, estas normas de segurança são (normalmente) culpa do utilizador. Passo a exemplificar.

Dentro da Amazon Ring chega também um guia de montagem com um parafuso fora do normal. Um parafuso que encaixa a parte exterior da campainha com a parte interior. Esse parafuso é também anti-roubo e traz a sua própria chave de fendas.

Amazonn Ring

No manual de instruções a Amazon Ring solicita aos utilizadores que não utilizem outro parafuso que não esse. Aliás, refere que de maneira alguma utilizem um parafuso de ponta bicuda. Porém, claro que os utilizadores estão-se a borrifar para o manual de instruções.

Este pedido de recolha chega depois de alguns casos onde a Ring explode perto do utilizador porque o mesmo está-lhe a introduzir um parafuso não autorizado e acaba por furar a bateria da campainha.

Ao que parece, a Amazon consegue fazer da campainha mais segura e acabará por trocar as baterias de todas as Ring de 2GEN que têm este tipo de bateria instalada. Espera-se que sejam mais de 350 mil unidades.

Para saberes se a tua Ring está habilitada à troca dá um salto aqui no website oficial da recolha.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.