Amazon - Taxas de crescimento de receita são tudo menos uniformes

Pedro Henrique

Amazon Alexa Microsoft Google Android iOSA semana que agora termina foi vivida em torno dos resultados do trimestre anterior das gigantes como a Amazon, Microsoft, etc.

Com efeito, a empresa liderada por Jeff Bezos mostrou, mais uma vez, que não consegue conter os resultados positivos em torno dos seus produtos e, principalmente, dos serviços. De facto, pelo menos para os Estados Unidos da América, a taxa de crescimento de receita em torno da Amazon Web Services continua a aumentar.

Vê ainda: Android Oreo continua a crescer, mas ainda sem sínal do Android Pie

34,3 mil milhões de dólares foi a receita obtida pela Amazon no terceiro trimestre do ano, cerca de 35% superior à do mesmo período no ano anterior. E há que acrescentar um pequeno detalhe, tudo isso apenas nos Estados Unidos da América.

Por outro lado, retirando a Amazon Web Services, as receitas são, essencialmente, dos fantásticos Echo que estão em cada vez mais lares. Todavia, estes últimos apresentam um grave problema à empresa de Bezos.

Amazon Alexa chegará a Portugal?!

A não existência da Alexa - isto é, a falta de suporte - em vários países do mundo acaba por não permitir que, fora de terras norte-americanas, o desempenho da Amazon seja o mesmo que internamente.

E por isso é que, a nível internacional, há países que contribuem positivamente para o relatório de contas da Amazon e outros que nem por isso. E essa é a grande particularidade.

Em Portugal, por exemplo, pode dizer-se que, teoricamente, a Amazon não marca qualquer tipo de presença. E lá está, o mesmo só acontecerá quando, pelo menos, a Alexa ganhar suporte aos habitantes desse país.

Como é óbvio, tudo demorará o seu tempo e certamente que, mais tarde ou mais cedo, a Alexa chegará a Portugal. Até lá, há que esperar enquanto o valor de mercado da Amazon continua a crescer.

Editores 4gnews recomendam:

Avengers 4 – Trailer do filme chegará no próximo mês

Huawei satiriza a Apple e Samsung – “os nossos são sempre rápidos”

Google e Samsung trabalham em ‘edição especial’ do Android

Fonte

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.