Amazfit GTS 2e e Amazfit GTR 2e são oficiais: bateria impressionante por preço mais baixo

Bruno Coelho
Comentar

Os originais Amazfit GTR e Amazfit GTS foram um verdadeiro sucesso para a outrora parceira da Xiaomi. Este ano foram apresentados os Amazfit GTS 2 e Amazfit GTR 2, que recebem agora versões mais baratas.

Estes novos modelos chegam com o nome GTS 2e e GTR 2e, com características que os podem tornar muito atrativos. Uma delas é o facto de conseguirem medir a temperatura corporal, algo importante em tempos de pandemia de Covid-19.

Amazfit GTS 2e promete até 24 dias de autonomia. GTR 2e promete até 45 dias

Amazfit GTS 2e
Amazfit GTS 2e

Se os modelos mais caros tinham a possibilidade de funcionar por Wi-Fi, estas versões “e” precisam de estar ligadas ao teu smartphone. A vantagem é que oferecem uma maior autonomia.

Amazfit GTR 2e
Amazfit GTR 2e

O GTS 2e tem igualmente uma bateria de 246mAh. Com a perda do Wi-Fi, consegue oferecer uma autonomia de 14 dias em uso normal, ou 24 dias um uso básico. Já o GTR 2e, com bateria de 471mAh, promete uma generosa autonomia de 24 dias em uso normal. Em uso básico esta sobe para 45 dias.

Amazfit GTS 2e
Amazfit GTS 2e

O novo GTS 2e mantém um ecrã AMOLED de 1.65 polegadas, e os vários sensores do modelo original. Também faz a monitorização de oxigénio no sangue, e permite ter o ecrã sempre ligado.

Já o GTR 2e tem um ecrã AMOLED de 1.39” polegadas, e um corpo em aço inoxidável. Mesmo com preço mais baixo, ambos guardam a capacidade de fazer chamadas através do relógio quando ligados por Bluetooth ao smartphone.

Amazfit GTR 2e
Amazfit GTR 2e

Preços e disponibilidade dos Amazfit GTR 2e e Amazfit GTS 2e

Os novos smartwatches foram apresentados na China por um valor que se traduz em 100€. Para já chegam a este mercado a 24 de dezembro, e não existe previsão para quando serão apresentados globalmente. Com o preço certo, podem vingar.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.