Altice Portugal: operadora continua a afirmar-se como líder das Comunicações em Portugal

Rui Bacelar
Comentar

A Altice Portugal, responsável pela operadora MEO, divulgou hoje (25) os resultados fiscais do primeiro trimestre de 2021. De modo sucinto, o crescimento homólogo das Receitas foi de +5,1%, atingindo 549,1M €. Aponta-se também o aumento de +6,8% no Investimento, que ascende a 111,3M €.

As Receitas mantiveram a rota de crescimento, totalizando +26,9M € em termos homólogos no 1.º trimestre do ano, o que significa um crescimento acima de 5%. A empresa renova assim a sua aposta numa evolução sustentada e de liderança em Portugal.

Alexandre Fonseca é o CEO e rosto da Altice Portugal

Alexandre Fonseca, CEO da @altice_portugal na Grande Entrevista na @rtppt 3, aborda alguns dos temas mais fraturantes do setor das telecomunicações: negócio do SIRESP,5G, as mudanças na empresa e o impacto da pandemia.Veja a entrevista na íntegra em: https://t.co/RSQ4fN1Uat pic.twitter.com/tT52wd582q

— @altice_portugal (@altice_portugal) 22 de maio de 2021

Sumariamente, o EBITDA do 1.º trimestre fixou-se em 204,3M€, o que destaca a continuidade na performance operacional. Este é o reflexo de um dos melhores períodos para a empresa que lidera o setor e comanda os desígnios da operadora Meo em Portugal.

Mais ainda, a Altice reforçou a extensão da rede de Fibra Ótica adicionando 97 mil novas casas no 1.º trimestre. Aliás, atingindo os 5,7 milhões de casas passadas no final de março, reforçando a posição de detentora da maior rede de Fibra do país.

A performance operacional traduziu-se no reforço da liderança em todos os serviços de Telecomunicações no País, aqui através da MEO.

Apesar da situação pandémica a MEO continuou a reforçar a rede de Fibra

A deterioração da situação pandémica obrigou a um novo período de confinamento durante o 1.º trimestre do ano. No entanto, aponta a Altice Portugal, a resiliência da empresa detentora da MEO ficou mais uma vez demonstrada pelo crescimento.

Isto traduziu-se num aumento homólogo das Receitas de +5,1%, atingindo 549,1M€. Para tal, foi decisiva a evolução crescente e ininterrupta da Base de Clientes e de Serviços da Empresa, quer no Negócio Fixo, quer no Negócio Móvel.

Em ambos os casos este crescimento viria potenciar a liderança do Mercado das Comunicações Nacional, em todos os Segmentos e Produtos.

Ainda de acordo com a empresa, o desempenho operacional resultou da dinâmica e da sustentabilidade da atividade de ambos os Segmentos. Mais concretamente, o Consumo e Serviços Empresariais.

Com efeito, ambos os setores viriam a expandir-se graças à aposta em diferentes pilares: Qualidade de Serviço ao Cliente, Robustez e Segurança das Redes e Diversificação do Portfólio de Serviços oferecidos.

Ainda se faz sentir a COVID-19, mas sem assustar a Altice Portugal

Embora os impactos da pandemia COVID-19 ainda se façam sentir um ano após a sua chegada a território nacional, o 1.º trimestre de 2021 revelou o ímpeto e a capacidade de resposta da Altice Portugal nos principais indicadores financeiros e operacionais.

A empresa soube adaptar-se e encarar o desafio. Fê-lo através das várias unidades de negócio da Empresa que envidaram o maior esforço e empenho em ajudar os Particulares e as Empresas a ultrapassar este momento de séria dificuldade.

Resultou ainda da diversificação de serviços e ofertas comerciais que procuram a melhoria das condições económicas e sociais de toda a comunidade portuguesa.

O setor do consumo também cresceu através da operadora MEO

No 1.º trimestre do ano, as Receitas do Segmento Consumo registaram um incremento de 3,3% face ao valor de igual período do ano anterior, fixando-se em 305,7 milhões de euros (versus 296,1 milhões de euros no 1.º trimestre de 2020).

Esta evolução homóloga espelha novamente a rota de crescimento do Segmento, interrompido unicamente no 2.º trimestre de 2020 pelo confinamento decorrente da situação pandémica.

Face ao trimestre anterior as Receitas apresentaram uma contração de -2,0%, explicada sobretudo pela evolução das Vendas de Equipamentos, que habitualmente é mais acentuada no último trimestre do ano. Isto em resultado da época natalícia ser caracterizada por várias iniciativas e campanhas dirigidas.

Em síntese, a Altice Portugal apresenta resultados bastante positivos no primeiro trimestre do ano, tendo-se ajustado aos desafios trazidos pela pandemia. No que lhe concerne, a MEO reforça a sua vantagem como maior operadora em Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.