AirPods serão a 'galinha dos ovos de ouro' da Apple em 2020

Carlos Oliveira
Comentar

Os AirPods são um dos produtos de maior sucesso da Apple e o futuro promete continuar a ser risonho. De acordo com a mais recente nota do analista Toni Sacconaghi, estes earbuds irão mais do que duplicar as suas receitas no próximo ano.

Para 2020, este analista prevê a venda de 85 milhões de AirPods em todo o mundo. Isto traduzir-se-á numa receita de 15 mil milhões de dólares para a Apple, face aos expectáveis 6 mil milhões este ano.

O grande responsável por estes números serão certamente os AirPods Pro. Este acessório foi extremamente bem recebido, ao ponto das empresas de análise de mercado preverem que vendam 60 milhões de exemplares em 2019.

AirPods Pro

Nos próximos anos a procura poderá descer

Se os AirPods estão em alta nos dias que correm, o mesmo não se pode dizer dos anos seguintes. Segundo o analista Toni Sacconaghi, em 2021 e 2022 espera-se que a procura por este gadget caia. A isso dever-se-á a saturação do mercado.

São cada vez mais as empresas que começam a combater este produto da Apple, porém, estão longe de oferecer o mesmo que os AirPods. Especialmente se fores um utilizador iPhone, pois nenhum outro será tão prático como estes.

Temos de ter ainda em conta que é provável que a Apple venha a lançar novas versões deste gadget nos próximos anos. Isso poderá ajudar a combater este cenário de quase estagnação prevista por este analista.

AirPods Pro são caros, mas não há melhor para os utilizadores Apple

Os AirPods Pro chegaram ao mercado com um preço de 279€, mas isso não tem impedido o seu sucesso. Um novo design e novas funcionalidades têm cativado imensos utilizadores.

As grandes bandeiras dos AirPods Pro são a melhoria na sua qualidade de som e o seu cancelamento ativo de ruído. Em ambos os casos, os resultados são bastante satisfatórios, o que faz deles a melhor proposta para quem está no ecossistema Apple.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.