AirPods Pro serão um dos grandes sucessos da Apple em 2019. Entende porquê

Carlos Oliveira
Comentar

Os AirPods Pro são a última geração dos earbuds sem fios da Apple e o seu preço está mais alto que nunca. No entanto, a sua etiqueta de 279€ não irá retrair os consumidores, pelo menos de acordo com um novo relatório.

A Bloomberg avança, no seu último relatório, um aumento de 100% nas vendas dos AirPods Pro só este ano. Isto significa que os novos earbuds da Apple deverão totalizar 60 milhões de exemplares vendidos nas próximas semanas.

Não obstante do seu elevado preço, os AirPods Pro têm-se revelado um verdadeiro sucesso de vendas. A procura por este acessório está bem mais elevada que o previsto e isso irá ter repercussões nas finanças da empresa.

AirPods Pro

AirPods já representam metade do mercado em que se inserem

De acordo com os dados da IDC para o segundo trimestre deste ano, os earbuds da Apple contabilizam 50.2% do nicho de mercado dos "hearables". Estes são os chamados acessórios "ouvíveis" onde se inserem os earbuds, headphones e semelhantes.

No segundo lugar deste nicho de mercado aparece a Samsung com apenas 10.2% de quota de mercado. Empresas como a Sony, Microsoft ou Amazon, que já apresentaram concorrentes direitos aos AirPods, nem sequer figuram no top-5 mundial.

Caso os números avançados pela Bloomberg se confirmem, o domínio da Apple irá alargar-se ainda mais este ano. A empresa norte-americana tem-se mostrado imparável em acessórios, pois também o seu Apple Watch é dono e senhor do seu segmento.

AirPods Pro trouxeram finalmente o cancelamento de ruído

Apresentados em outubro deste ano, os AirPods Pro trouxeram várias novidades. A mais sonante foi a introdução do cancelamento de ruído. Além disso, tivemos a introdução do modo de Transparência, melhor qualidade de som e melhor ergonomia.

As opiniões têm sido unânimes ao elogiar o desempenho dos novos AirPods Pro. Tanto a sua tecnologia de cancelamento de ruído como a qualidade de som têm sido o alvo dos principais elogios.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.