AirPods Pro: 6 novidades dos melhores auriculares Apple

Rui Bacelar
Comentar

A Apple apresentou os AirPods Pro com caraterísticas de topo por 279 € em Portugal. Temos agora 6 grandes novidades face aos AirPods 2 que se traduzem numa diferença de 100 € entre os auriculares sem-fios criados pela gigante da maçã.

Damos aqui a conhecer os principais motivos que podem tornar os AirPods Pro numa alternativa irresistível, tanto para quem pratica desporto como para quem procura maior conforto e qualidade acústica dentro do ecossistema Apple.

1. Cancelamento ativo do ruídoApple

Graças à utilização de 2 microfones e respetivo software, os AirPods Pro adaptam-se e cancelam continuamente os ruídos ambiente para uma melhor experiência de uso. Mais ainda, cada auricular faz este processo autonomamente do outro.

Os microfones captam o ruído ambiente, sendo feita uma análise do mesmo. Em seguida o auricular produz um som oposto e equivalente que vai anular o barulho proveniente do exterior, num processo cujo sinal se adapta continuamente.

Isto resulta numa fruição completa da música, ou no poder levar a cabo chamadas telefónicas e conversas sem distúrbios. É o maior trunfo dos novos auriculares de Cupertino e será sentido imediatamente pelos utilizadores.

2. Modo "Transparência"

Apple

Ao passo que a 1.ª novidade nos isola do exterior, a 2.ª faz exatamente o oposto. Sendo certo que por vezes é perigoso estar alheio ao que se passa ao nosso redor, a Apple implementou o modo Transparência que também usa os microfones adicionais.

O utilizador pode continuar a ouvir música ou ter uma conversa com perfeita claridade enquanto ouve o que se passa à sua volta. Algo da mais extrema importância quando estamos, por exemplo, no trânsito ou na comuta diária dos transportes.

A alternância entre o modo de cancelamento ativo de ruído e modo Transparência pode ser feita através dos AirPods Pro, através do seu sensor de pressão. Alternativamente este controlo pode ser feito através do iPhone.

3. Design ergonómico com almofadas de siliconeApple

Face aos AirPods 2, os AirPods Pro apresentam um novo design, mais adaptado à natural curvatura do ouvido. Além do mais temos um kit de 3 almofadas de silicone para cada auricular, em 3 tamanhos para maior ajuste à fisionomia de cada utilizador.

As suas pontas são internamente afuniladas e, em junção com os ajustes personalizáveis, fazem destes auriculares os mais confortáveis da Apple até à data. Uma melhoria significativa face aos AirPods 2 com um formato rígido.

Os AirPods Pro utilizam também os seus sensores para garantir que cada auricular estabelece um bom isolamento e selo no ouvido, procedendo em seguida a um ajuste do sinal. Esta função também tira proveito dos novos microfones, algoritmos e software.

A qualidade de construção é similar à dos AirPods 2, com os novos auscultadores sem-fios da Apple a utilizar o mesmo plástico branco com acabamento lustroso, transversal a toda a linha. Vale referir que os Pro são mais compactos, e pequenos.

4. Resistência à água e à transpiraçãoApple

De acordo com a Apple, os AirPods Pro são resistentes à água e à transpiração para treinos e desportos não aquáticos. Os novos auriculares contam com a classificação IPX4 segundo a norma IEC 60529, podenso diminuir com o desgaste normal.

Este gadget torna-se assim mais atraente para os praticantes de desporto e atividades ao ar livre. Acaba também por ir ao encontro da mesma robustez já encontrada na geração mais recente de iPhone e Apple Watch.

5. Caixa de carregamento sem-fios

Apple

Prometendo a mesma autonomia dos AirPods 2, os AirPods Pro são capazes de proporcionar até 5 horas de reprodução contínua de música. Já com o cancelamento ativo do ruído ligado, esta autonomia diminui ligeiramente, para cerca de 4,5 horas.

Adicionalmente, os auriculares trazem a Wireless Charging Case, ou caixa com carregamento sem-fios. Este acessório carrega os AirPods, podendo aumentar para 24 horas a autonomia do produto, além de os guardar e proteger.

Esta caixa é um item opcional para os AirPods 2 que custam 179 € sem, e 229 € com o referido acessório. Algo que coloca o seu preço em torno dos 50 € e que vem assim acrescentar valor real ao gadget mais recente.

6. Experiência de som e EQ adaptativaApple

A Apple garante que os novos AirPods Pro proporcionam uma melhor experiência de som e a versatilidade que define este género de gadgets. Um som imersivo com estes auriculares in-ear que também utilizam o processador H1.

Temos ainda uma equalização da pressão através do sistema de ventilação, adaptando-se à forma de cada ouvido. É assim que é obtido um equilíbrio ótimo entre as frequências mais baixas e de médio espectro.

O utilizador pode ainda dar comandos à assistente virtual Siri para controlar, por exemplo, a reprodução de música. Temos também a possibilidade de receber alertas das mensagens recebidas no iPhone, ou sincronizar com a música no Apple Watch.

AirPods Pro e AirPods 2: separados por 100 €

Apple

O ajuste personalizável com as almofadas em silicone, o cancelamento ativo do ruído, ou a EQ adaptativa, tal como a resistência à água e à transpiração para maior robustez e durabilidade do produto são caraterísticas exclusivas dos AirPods Pro.

A autonomia de bateria é igual em ambos os auriculares, ou menor nos AirPods Pro ao utilizar o cancelamento ativo do ruído. Já o preço do novo produto é de 279 €, ao passo que os AirPods 2 custam 179 € na loja oficial em Portugal.

Por último cumpre referir que a caixa de carregamento sem fios também pode ser adquirida com os AirPods 2, reduzindo o diferencial entre os produtos para 50 €. Note-se também que a caixa dos AirPods Pro tem um formato distinto e mais achatado.

A compra certa para quem ainda não tem AirPods

O novo produto afigura-se como uma boa compra para quem ainda não tem uns auriculares da Apple. Já para quem possui os recentes AirPods 2, o diferencial não justifica a aquisição do novo par a menos que o conforto seja a prioridade absoluta.

Pelo agregar de tecnologia, novos modos, caixa incluída e melhorias da qualidade de som, são um investimento sólido. Certo é que a médio / longo prazo a bateria integrada vai degradar-se, mas esse é um mal transversal à indústria.

Se procuras um produto mais barato vê a review aos Xiaomi Mi AirDots, ou dos ultra-económicos Redmi AirDots.

Comentar
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.