Windows 10 Microsoft Apple
Windows 10 da Microsoft terá um recurso de partilha semelhante ao AirDrop da Apple

O AirDrop da Apple é uma das funcionalidades mais adoradas que a empresa da maça poderia ter inventado. Consequentemente, a Microsoft parece querer que o Windows 10 tenha algo de semelhante.

Melhor, para os membros do programa Windows Insider, o mesmo já está disponível. O nome do novo recurso é Near Share, ou seja, não é, de todo, tão sonante quanto o da rival, mas o que interessa também não é o seu nome, mas sim o seu potencial.

Vê ainda: A história por trás da mítica fotografia de Steve Jobs

   

E, de facto, nesse sentido, o potencial da ferramenta é bastante. Afinal, a partir do Microsoft Edge, usando aquela versão do Windows 10 (ou posterior), a Microsoft permite que se partilhe facilmente qualquer tipo de link ou ficheiro – passível de ser aberto no Microsoft Edge – pela simples partilha através do Near Share.

O mesmo pode ser encontrado clicando no botão de partilha que já se conhece, e bem, do Windows 10. Esta é só uma das várias novidades que chegarão ao Edge brevemente, o mais acarinhado browser da empresa de Redmond nos tempos que correm.

Há outras que já foram abordadas na 4gnews, nomeadamente a de se poder gerir o áudio de cada separador aberto, individualmente. Todas estas funcionalidades estão, no entanto, por agora, apenas disponíveis para os Insiders, pelo que o público geral terá de esperar um pouco mais para poder usufruir dessas.

Algo como o recurso da Apple seria bem-vindo ao Windows 10 da Microsoft…

Seja como for, fica atento(a) a 4gnews.pt, para que não percas nenhum detalhe acerca deste e de outros temas, no teu local favorito, onde a tecnologia é falada em português.

Assuntos relevantes na 4gnews:

MIUI 9 começa aos poucos a chegar ao Xiaomi Mi 5 e Mi 5s Plus

iPhone X – Poupa bateria com esta simples dica para o teu iPhone

Ulefone T1 Premium Edition – As cores do Barcelona por 234€

FonteFlipboard

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.