Afinal o que se passa com a Huawei, Google e os EUA? Entende

Filipe Alves
2 comentários

O assunto da Huawei e da Google e dos EUA não é simples de entender. Porém, acredito que não precises de todos os pormenores para teres uma ideia definida daquilo que se passa.

Assim sendo, vamos olhar de forma superficial para o problema em que a Huawei se depara neste momento. Problema este que chegou depois de Donald Trump tomar a presidência dos Estados Unidos da América (EUA).

Trump Huawei

Assim que Donald Trump tomou posse da presidência, o Presidente dos EUA referiu que não gostava como o país estava a perder dinheiro nos seus negócios. Nomeadamente para a China. Aliás, ainda hoje os EUA e a China combatem face esses negócios sempre referida como "trade war".

Donald Trump começou com a ZTE e com a Huawei

O presidente dos Estados Unidos começou por aplicar esta mesma sanção à ZTE. A sanção consiste em que as empresas americanas não pudessem negociar com a ZTE. Ou seja, Qualcomm, Google e por aí fora, ficariam restringidos de dar à marca qualquer tipo de apoio dos seus produtos. Agora aconteceu o mesmo à Huawei.

Por que é que isto acontece

Receio. Trump acredita que a ZTE e a Huawei fornecem informações dos seus utilizadores ao governo Chinês. Enquanto que a ZTE se fica pelos smartphones e gadgets, a Huawei tem infraestruturas. Como por exemplo as plataformas 5G. Ou seja, tudo isto começou devido ao receio do governo americano ser espiado pela China.

Posição dos EUA face à ZTE e Huawei

  • Donald Trump toma a presidência dos EUA
  • NSA, FBI e CIA aconselham a não utilizar terminais Huawei e ZTE por receio de espionagem
  • Trump proíbe empresas americanas de negociar com a ZTE
  • Trump proíbe entrada da Huawei no mercado americano (smartphones e infraestruturas)
  • Trump proíbe empresas americanas de negociar com a Huawei
  • Google refere que os telemóveis no mercado continuarão atualizados mas nada aponta sobre o futuro
  • Huawei já trabalha num sistema concorrente ao Android

Smartphones Huawei poderão deixar de ter Android?

Em teoria não. Android é uma plataforma aberta. Contudo, poderão não ter a Google Play Store, Youtube, Gmail e outras Apps Google instaladas. Além disso, sempre que uma atualização de software é lançada a Huawei teria de a trabalhar para a encaixar no seu software. O mesmo se passa com a Xiaomi. Por exemplo, se compras um smartphone da Xiaomi com ROM chinesa não tem qualquer serviço Google porque a mesma é proibida na China.

O que esperar daqui para a frente

Pessoalmente não me parece que isto vá durar. Este é um braço de ferro entre governos e Donald Trump jogou a carta que mais dói. A Huawei é uma das maiores empresas da China e os EUA sabem disso mesmo. Ao criar estas sanções, Donald Trump sabe que vai conseguir moldar os seus "adversários" a um acordo mais favorável.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.