A razão pela qual a Samsung baixou os preços dos Galaxy S21

Rui Bacelar
Comentar

A Samsung baixou, ainda que ligeiramente, o preço dos novos smartphones da linha Galaxy S21. É a primeira redução de preço em vários anos, com a fabricante a aperceber-se que teria mais a ganhar ao melhorar a relação preço / qualidade dos telefones.

A baixa de preço teve lugar após o lançamento dos Galaxy S20 FE, ambos com excelente relação custo benefício e meritórios de uma nota de louvor. Adicionalmente, as preocupações ambientais da tecnológica contribuíram para a redução, ligeira, de preços.

A Samsung também baixou os preços em Portugal

Samsung Galaxy S21

Em Portugal o P.V.P. recomendado para as versões base do Galaxy S21 é de 879 €, para o Galaxy S21+ 1079 €. O Galaxy S21 Ultra 5G tem um PVP recomendado de 1279 €, na variante de 128 GB. Em 2021 os preços começam assim nos 879 €.

Em 2020, o P.V.P. recomendado para o Galaxy S20 na versão base foi de 929,90 €, para o Galaxy S20+ (4G) foi de 1029 €, para o Galaxy S20+ (5G) foi de 1129 € e, por fim, o Galaxy S20 Ultra 5G foi de 1379 €, nas versões base com 128 GB.

Justapondo os preços temos o seguinte panorama:

  • Galaxy S21: 879 €
  • Galaxy S20: 929,90 €
  • Galaxy S21+: 1079 €
  • Galaxy S20+ (5G): 1129 €
  • Galaxy S21 Ultra: 1279 €
  • Galaxy S20 Ultra 5G: 1379 €

Excluindo a versão 4G do modelo S20+, constatamos assim uma diminuição ao longo de toda a linha Galaxy S21. Note-se, contudo, que na Europa e sobretudo em Portugal devido à Lei da Cópia Privada, a redução de preços é bastante atenuada, mas existente.

A título de curiosidade, de acordo com a letra da Lei, é devida uma compensação na ordem dos 0,12 € por cada GB de capacidade de armazenamento ou fração, com o limite de 15 € nos telefones móveis com armazenamento interno.

Há mais valor nos novos Samsung Galaxy S21

Tudo se resume a uma palavra de significado múltiplo - "valor". Não somente o preço recomendado de venda ao público, não apenas o valor de venda em segunda mão, mas sim tudo o que o smartphone oferece por cada euro nele investido pelo consumidor.

Após aumentos sucessivos no preço dos smartphones os consumidores começaram a perceber que estes incrementos não se traduziam em saltos reais no valor ou capacidades do produto. Tendência que se viria a agravar nos últimos dois anos.

Entretanto, fabricantes chinesas como a OnePlus e Xiaomi colocavam-se como alternativas qualidade / preço. Oferecendo muito, por vezes até mais, por uma fração do preço definido pelas marcas estabelecidas como a Samsung, Huawei, LG, entre outras.

Isto levaria a que algumas fabricantes (LG e Sony), vissem a sua quota de mercado seriamente diminuída ao ponto de terem agora uma presença residual no mercado de smartphones. Por outro lado, os smartphones da OnePlus também já ofereceram mais pelo valor pedido e o termos "Flagship Killer" foi esvaziado de significado, mas a lição e o aviso perduram.

Em 2020 a Samsung entendeu os sinais com os Galaxy S20 FE e, em 2021, foi sagaz em implementar os melhores ensinamentos da potencial rival, OnePlus. O consumidor dá prioridade ao valor da sua compra, sendo esta a razão primaz.

Perdemos o carregador e os auriculares, mas ganhamos valor nos Galaxy S21

Para baixar os preços dos Samsung Galaxy S21 a fabricante cortou alguns extras. Alegando preocupações ambientais - justas e louváveis - o que resultou da remoção destes acessórios foi um menor custo de produção por unidade, inclusive no transporte.

As caixas dos produtos são menores, e como tal, geram menos resíduos e diminui-se a pegada de carbono. Ao mesmo tempo, em cada contentor podem ser expedidas mais unidades, algo que também pode fazer baixar o custo de expedição e distribuição.

Para o consumidor resulta assim um preço menor nos novos telefones Samsung. São mais poderosos, elegantes e, para quem já tiver carregadores em casa, serão um ótimo investimento se procuram um equipamento que dure 3 ou mais anos.

Em 2021 a Samsung acertou em cheio na relação preço/qualidade dos seus novos telefones topo de gama.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.