7 Days to Die
7 Days to Die

Antes de começar a escrever sobre 7 Days to Die, tenho que explicar o porquê de mudar o nome desta rubrica. Quando tive a ideia para esta rubrica, pensei em fazer semanalmente, mas com o tempo percebi que não tenho possibilidades de fazê-la com essa frequência – pois eu jogo estes jogos de que falo – daí a decisão de a fazer mensalmente. Espero que gostes!

O jogo

Agora começarei a falar do jogo Indie deste mês, 7 Days to Die. Este é um jogo dos géneros de sobrevivência e de “crafting”, que se passa num mundo pós-apocalíptico, em que a guerra acabou com a civilização e uma epidemia espalhou-se através de ataques biológicos, tornando as pessoas em zombies. Convém frisar que este jogo está em “Early Access”, sendo que ainda está a ser desenvolvido.

Vê ainda: Subnautica: O jogo indie da semana

   

O jogo é baseado em voxel, por isso, o ambiente é totalmente maleável. Além de sobreviver aos zombies, em 7 Days to Die tens que explorar o mundo do jogo, recolher recursos, construir a tua roupa, armas e a tua casa/base. Tal como o nome do jogo indicia, tens 7 dias – do tempo do jogo – para isto.

A jogabilidade

Como já referi, o ambiente do jogo é maleável por causa de ser feito em voxel e por isso existe apenas existe um mundo feito pelos produtores do jogo. Isto é assim porque o jogo tem a habilidade de gerar mundos aleatórios através de “seeds” de palavras ou números.

Como já foi dito, podes construir casas, mas também podes pegar nas já existentes do jogo para as reconstruir ou reforçar. Também podes escavar o solo para minerar, lavrar a terra para produzires os teus próprios alimentos, entre outras possibilidades.

Podes definir a tua personagem, o sexo, a raça, feições, o corpo, cabelo, a barba e cor destes dois últimos. Ao iniciares o jogo, começas quase nu, com alguns itens para te ajudar minimamente.

Depois disso, tens que construir a tua roupa, as tuas armas para enfrentar os zombies e a tua casa/base – que deve ser muito resistente, visto que sofrerás ataques de zombies. Os zombies só saberão a tua localização se fores detetado.

Uma boa forma de saberes se foste detetado é verificares se o olho que aparece quando te agachas está aberto. Isto será muito útil caso comeces a jogar o 7 Days to Die, visto que os zombies durante o dia são lentos, mas durante a noite são bem mais rápidos, por isso é aconselhável que não te deixes detetar.

O 7 Days to Die contém algumas armas, desde o arco até a um lança-misseis. As armas de fogo são as mais difíceis de obter, visto que tanto a arma como a sua munição, terão que ser construídas por ti. Vários itens do jogo (como as armas) precisam de ser aprendidos – através de livros ou pontos de experiência – antes de os poderes construir.

O objetivo do jogo e o modo Online

O jogo não possui uma história. O objetivo de 7 Days to Die é sobreviver, sendo que a horda de zombies que aparece no sétimo dia será a prova mais difícil. O jogo nunca acaba, visto que os itens e os “loots” reaparecem após algum tempo.

Também há um modo online, com vários servidores. Os servidores PvP (Player versus Player) são para quem está disposto a combater os outros jogadores, além das dificuldades já referidas por mim.

Quem não quer combater outros jogadores, poderá optar por servidores PvE (Player versus Environment). Nesses servidores geralmente os jogadores ajudam-se uns aos outros, sendo que poderás aprender a jogar com a ajuda de outras pessoas.

Os gráficos

Embora este jogo seja parecido ao Minecraft, em vários aspetos, os seus gráficos não são nada parecidos. Os gráficos de 7 Days to Die foram melhorados ao longo do seu desenvolvimento, sendo que atualmente estão muito bons e com grande pormenor, visto que até os zombies podem ser desmembrados.

Gráficos do 7 Days to Die
Gráficos do 7 Days to Die

O motor de jogo de 7 Days to Die é o Unity, por isso convém frisar que os jogos deste motor não costumam ter gráficos tão deslumbrantes como aqueles construídos com a Unreal Engine, por exemplo.

Não percas: AMD Radeon RX Vega: surgem as primeiras características desta Gráfica

7 Days to Die está disponível na PS4, Xbox One, no Mac e no PC, para os sistemas operativos Windows e Linux. O seu preço para o PC e MAC é de 22,99€, na Steam, mas nas consolas custa 34,99€.

Vê aqui o trailer do 7 Days to Die!

Outros assuntos relevantes:

Samsung cai perigosamente na China graças à Huawei e Xiaomi

Qualcomm Snapdragon 630 e 660 trazem mais potência aos gama média

NBA 2K18: Sabe mais sobre edição especial e data de lançamento

Desde que me lembro fui muito interessado em informática e em gaming. Agora procuro dar o meu contributo ao projeto 4gnews da melhor forma possível!