5G padrão Business Insider 5G Qualcomm novo padrão
Está na hora de ficares a conhecer este padrão de comunicações

A 3GPP completou recentemente e anunciou a primeira versão do novo padrão 5G e deu início à corrida para a sua implementação nos dispositivos. Agora, a construtora de processadores, Qualcomm, terá feito um exercício de reflexão sobre a matéria. Ouviu também vários outras entidades e empresas do sector e partilhou aqui as suas conclusões.

O novo padrão chama-se 5G NR, por NR entenda-se “New Radio” porque necessitará de uma infraestrutura e equipamentos completamente novos. Funcionará separadamente daquilo que hoje em dia já temos estabelecido, as redes 4G LTE.

Vê ainda: 45 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Isto não significa que a rede LTE será abandonada, longe disso. O 5G NR é a nova direção da indústria, a nova meta a atingir e as principais entidades deste setor já começaram a fazer os preparativos para que futuramente a transição entre o LTE e o 5G seja o mais fácil possível. Tanto para si como para os seus parceiros.

Qualcomm e as demais empresas, já empenhadas em trabalhar com o novo padrão 5G

A Qualcomm abriu as “hostilidades” ao declarar o seu entusiasmo por fazer parte de um novo marco significativo no desenvolvimento do sistema de redes e comunicações móveis.

Já para a China Mobile, a definição do novo padrão é o primeiro passo para o estabelecimento de uma rede móvel unificada e que chegue a todo o mundo. Já para a AT&T diz que o novo padrão 5G permitirá à indústria avançar na direção certa. Fornecendo também o equipamento necessário para que os consumidores possam usufruir destas soluções de próxima geração.

Na Europa a Deutsche Telekom afirma que a definição do novo padrão 5G significa que as operadoras e as construtoras de equipamentos devem duplicar os esforços. Isto para conseguir entregar todo o poder as redes 5G, todas as suas mais valias aos consumidores.

A Huawei fez uso das palavras da China Mobile e disse que se iria comprometer com o desenvolvimento de uma única rede global 5G. Uma rede unificada que servisse todo o mundo. Já por seu lado, a Nokia que também é uma das grandes empresas do setor de redes e comunicações, encara o futuro com otimismo. A Samsung comprometeu-se a agilizar o desenvolvimento de um vasto leque de soluções 5G. Desde os seus sistemas de redes até às soluções para os dispositivos que chegam aos consumidores.

O novo padrão 5G, em vídeo:

O finalizar desta primeira etapa é um dos maiores marcos que todo o sector de redes e telecomunicações teve em vários anos. A partir daqui começa a nascer uma nova era para as comunicações móveis. Agora, tanto as operadoras como as construtoras de smartphones e dispositivos móveis como até mesmo as fornecedoras de equipamentos de rede. Todas elas começarão a trabalhar com este novo padrão.

O objectivo último? Providenciar soluções para os consumidores e para a indústria. A promessa? Desde carros autónomos, avanços na realidade virtual, tráfego de dados em alta-velocidade e várias outras melhorias. Algumas com as quais ainda nem sonhamos. Todas elas podem agora começar a ser desenvolvidas à luz deste novo padrão 5G.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Concept do OnePlus 6 Edge faz-nos sonhar com ecrã curvo neste Android

Samsung Galaxy S9 – Forbes acaba com as dúvidas

Apple processada por criar lentidão intencional nos antigos iPhone

ViaQualcomm
Fonte3gpp
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).