Qualcomm Snapdragon

O mercado tem cada vez mais propostas ao nível de processadores para smartphones. Onde há uns anos praticamente só tínhamos duas ofertas (Qualcomm e MediaTek), nos dias de hoje outras marcas já se aventuram por este caminho.

Exemplo flagrantes disso mesmo são a Samsung ou a Huawei, que lançam os seus topos de gama com os seus próprios processadores. No caso da Samsung existem também, em alguns mercados, versões com processadores da Qualcomm, mas no caso europeu, por exemplo, temos sido brindados com os processadores Exynos e ninguém se tem queixado.

Vê também: Google Pixel 2: São 5 os meus desejos para o próximo smartphone da Google

   

Mas existem determinados pontos onde os processadores Qualcomm conseguem fazer a diferença face à sua concorrência. No presente artigo irei então enumerar alguns dos pontos onde se considera que os processadores Snapdragon levam a melhor. Os mesmos serão apresentados sem qualquer ordem específica ou preferência estabelecida.

Autonomia

Este é um dos pontos que mais preocupa qualquer detentor de um smartphone. Aquele medo de que o nosso equipamento não consiga sobreviver a um dia inteiro de trabalho fora de casa. É certo que os valores aqui registados podem variar consoante o tipo de utilização de cada um, o tamanho e resolução do ecrã, entre outros. Mas regra geral os processadores Snapdragon conseguem ser uma mais valia.

baterias smartphone
crédito: depositphotos

Este é um ponto que variará também consoante as tecnologias adotadas no desenvolvimento dos mais variados processadores, mas estes têm a fama de serem mais eficientes. Existem até casos de smartphones, com variantes com processadores diferentes, onde os tempos de autonomia tendem a favorecer a variante com o processador da Qualcomm.

Processamento gráfico

Este é um dos pontos onde é utilizada a tecnologia da casa. As gráficas, ou GPU´s, utilizadas nestes processadores são desenhadas pela própria Qualcomm, fazendo com que as mesmas tenham uma optimização própria e funcionam melhor do que qualquer outra em conjunto com os processadores Snapdragon.

Regra geral, quando algo é desenhado especificamente para funcionar naquele hardware, a sua performance é imaculada. E aqui não é diferente. Claro que gráficas como as Mali, utilizadas nos processadores MediaTek ou mesmo nos Exynos da Samsung, também são capazes de bons desempenhos, mas mesmo assim algo abaixo das Adreno.

Melhor processamento fotográfico

Como já o dissemos variadas vezes, os megapixels de qualquer câmara não são tudo. Existem outros factores como a qualidade do sensor em si, a sua exposição e até mesmo o processador do próprio smartphone fazem a diferença na hora de captar aquele momento especial. Claro que quanto melhor for o processador, melhor será a qualidade da fotografia.

Xiaomi Note 3
O novo Xiaomi Mi 6

Mas os processadores Snapdragon têm ainda drivers desenhados especificamente para a câmara do smartphone. Características como a estabilização da imagem ou o zoom são diretamente influenciadas pelo processador em questão e as tecnologias específicas da Qualcomm fazem a diferença.

Desempenho geral

Processadores Snapdragon tendem a ser de muito bom desempenho

Este é ainda um ponto que envolve alguma dose de preconceito. Desde sempre que os processadores Snapdragon foram tidos como melhores, em termos de performance, face aos da MediaTek, por exemplo. Ao longo dos últimos tempos a empresa chinesa tem nos mostrado que as coisas não são necessariamente assim e tem feito processadores cada vez melhores.

Mas aqui não vamos falar apenas em questões de multitasking e afins. Quero que vejas as coisas num plano global, onde todos os pontos anteriormente referidos pesam. E por isso podemos dizer que os processadores da empresa americana levam alguma vantagem face à sua concorrência.

Atualizações

Por último vamos falar num dos pontos de maior interesse quando comprarmos um smartphone: as atualizações. Quando nos dispomos a gastar umas boas centenas de euros num smartphone novo, gostamos que o mesmo seja atualizado pelo maior período de tempo possível.

Vê ainda: Será a câmara dupla relevante nos smartphones de gama-baixa?

Android Nougat

Aqui as marcas têm um papel preponderante, mas a Qualcomm também tem uma palavra a dizer. A empresa americana tem por hábito libertar todos drivers relativos aos seus processadores. Isto não só facilita o trabalho das empresa tecnológicas, como também o de terceiros, tornando o desenvolvimento de ROM´s muito mais simples do que nos casos dos seus diretos concorrentes.

Estes são então alguns dos pontos que considero ser uma mais valia quando adquirimos um smartphone com um processador Snapdragon. Claro que poderão existir no mercado propostas mais em conta e com desempenhos semelhantes. Mas este top 5 pode ser encarado como um guia para que possas pesar os prós e contras de determinado smartphone no qual estejas interessado.

Outros assuntos relevantes:

Google Pixel contará com o mesmo período de atualizações da gama Nexus

Huawei admite os seus erros e encara-os como lições para o futuro…

“Sheeple”: o novo termo para definir os fãs da Apple ou Fanboys!

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.